Ir para o conteúdo principal

Nossa próxima edição será postada na terça-feira 1º de fevereiro de 2022

Surpresa doméstica sem a liturgia do cargo: esposa senta no colo de desembargador



Reprodução

Imagem da Matéria

O desembargador João Egmont Leôncio Lopes foi mostrado em um momento íntimo durante sessão on line da 2ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJ-DFT), na quarta-feira (1º). Um vídeo que circulou nas redes sociais – e já hospedado no YouTube - mostra o momento em que uma mulher senta no colo do magistrado (de toga), já no final da sessão. Esta durou cerca de quatro horas e foi transmitida ao vivo pelo YouTube do TJ-DFT.

Percebe-se que a mulher se aproxima do desembargador enquanto come algo e senta no colo dele, que recua. Segundos depois, desconfiada, ela se levanta-se e afasta-se. O magistrado então parece, em seguida, mexer no computador para fechar a tela.

O episódio - sem a liturgia do cargo - ocorreu enquanto a relatora Sandra Reves proferia seu voto. No mesmo instante, outro desembargador presente na sessão percebe a cena inusitada.

Após a repercussão, o TJ-DFT informou que a mulher em questão é esposa do desembargador, não sendo servidora da corte.

Leia a nota do tribunal

"O TJ-DFT esclarece que, em contato com o desembargador João Egmont, restou apurado que a pessoa que aparece na tela durante a sessão da 2ª Turma Cível, nesta quarta-feira, 1º/12, na residência do magistrado, trata-se da sua esposa.

Esclarece, ainda, que ela não é servidora do TJDFT e que o fato não gerou qualquer prejuízo aos trabalhos da sessão".

Veja abaixo 

 


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Notícias Relacionadas