Ir para o conteúdo principal

Espaço Vital, sexta-feira 15.10.
(Próxima edição: terça-feira, 19)
https://www.espacovital.com.br/images/eu_nao_invento_3.jpg

Ordem de Sua Excelência ao advogado: “Vai pro inferno!”...



http://miltoncharge.blogspot.com/

Imagem da Matéria

  • Descontrole no tribunal
alamada

O juiz trabalhista José Roberto Ferreira de Almada mandou um advogado ir "para o inferno" durante uma audiência on line realizada na Justiça do Trabalho da 17ª Região, em Vitória (ES), na semana passada. As imagens e o áudio viralizaram.

A ofensa ocorreu quando o magistrado determinou o arquivamento do processo e o defensor respondeu que buscaria a anulação do julgado.

- Ok, excelência, então a gente anula o processo - disse o advogado Edson Lourenço Ferreira.

O magistrado respondeu gesticulando:

- Ah, vai anular onde o doutor quiser. Vai pro inferno!

Ferreira requereu a abertura de processo administrativo disciplinar contra Almada.

  • Silêncio na corte

Ante e-mails enviados pelo Espaço Vital, o TRT-17 e o juiz não se manifestaram até o fechamento desta edição.

Entrementes, definição postada pelo Dicionário Informal na internet, aclara: “A expressão ´vai pro inferno´ quer dizer que, quem a pronunciou, exige que a pessoa suma da sua frente ou da sua vida – ou que quer o mal daquela pessoa”.

É, pode ser.

  • Dívidas e cirurgias

Os calotes fiscais talvez possam ser revertidos em cirurgias. A Federação Brasileira de Hospitais acompanha a  tramitação, na Câmara dos Deputados, do Projeto de Lei nº 5413/19, que cria o Profes - Programa de Recuperação e Fortalecimento dos Estabelecimentos Hospitalares de Saúde.

De autoria de um grupo de deputados, entre eles o gaúcho Pedro Westphalen (PP-RS), o Profes concede moratória de um ano e parcelamento da dívida tributária com a União de estabelecimentos hospitalares privados.

Em contrapartida, os estabelecimentos ofereceriam atendimento médico e hospitalar gratuito a pacientes do SUS. Nos últimos dois anos, a dívida tributária de nosocômios com a União saltou de R$ 56 bilhões para R$ 70 bi.

Com o Profes, a rede privada atenderia parte da demanda do setor público. Este, mesmo com os R$ 111 bilhões gastos pelo Ministério da Saúde em atendimentos hospitalar e ambulatorial nos últimos dois anos, ainda tem filas em fim para cirurgias e exames.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Charge de Kacio Pacheco - Tribuna da Internet

 A ´normalidade anormal´ de Davi Alcolumbre

 

A ´normalidade anormal´ de Davi Alcolumbre

  • As explicações do senador ao STF sobre a demora na sabatina de André Mendonça.
  • Dentista obtém vínculo empregatício e terá indenização de R$ 160 mil.
  • União terá que readmitir uma militar transexual afastada do serviço em 2015.
  • Canal Rural ganha ação ajuizada por um seu ex-operador de câmeras.
  • Senado vai reformar imóveis dos apartamentos residenciais.

Google Imagens

Cinco penas de prisão perpétua para um único assassino

 

Cinco penas de prisão perpétua para um único assassino

  • Homem que matou cinco funcionários da redação de um jornal também recebe pena complementar de mais 345 anos no cárcere.
  • Vantagens para que advogados brasileiros se inscrevam na OAP – a Ordem de Portugal.
  • ´Shabat´ respeitado em concurso público.
  • O primeiro julgamento de dois filhos da ex-deputada Flordelis. 

Imagem Camera Press

Primeiro de outubro: começa o novel penduricalho “auxílio-saúde”

 

Primeiro de outubro: começa o novel penduricalho “auxílio-saúde”

  • A lista de dependentes que podem ser incluídos no plano do TJRS é ampla: cônjuge, companheiro (a) em relação estável, filhos menores de 18 anos (ou até 24 se estudante), ex-cônjuge ou ex-convivente que perceba pensão alimentícia.  E também o enteado solteiro, nas mesmas condições dos filhos.   
  • Advocacia sem penduricalhos. Chapa oposicionista de Paulo Torelly e Lucia Kopittke enfrentará Leonardo Lamachia (ainda sem vice anunciado/a).

Imagem Silvimar

STJ edita nova súmula

 

STJ edita nova súmula

  • O novo enunciado disporá sobre a demissão do servidor público quando caracterizadas as hipóteses previstas no artigo 132 da Lei nº 8.112/90.
  • Advogados articulam lançamento de terceira chapa às eleições da OAB/RS.
  • As profissões que estão em alta e em baixa.
  • Departamento de Justiça dos EUA pede cinco anos de prisão para o brasileiro José Carlos Grubisich, ex-presidente da Rhodia, Eldorado e Braskem.
  • Rafael Foresti Pego será o novo procurador-chefe do MPT no Rio Grande do Sul. 

Foto: Pixabay

Protocolo do primeiro produto à base de cannabis na Anvisa

 

Protocolo do primeiro produto à base de cannabis na Anvisa

  • Empresa Ease Labs protocola na Anvisa o pedido para produzir Canabidiol Fitocomplexo.
  • Os meandros da propaganda enganosa e o rumoroso caso dos automóveis Veloster.
  • Juiz gaúcho Alex González Custódio passa a ser investigado pelo Ministério Público.
  • Leia o contraponto dos advogados Nereu Giacomolli e Pedro Bossle.

O Globo Digital - reprodução

Quem se habilita a comprar um apartamento de R$ 35 milhões?

 

Quem se habilita a comprar um apartamento de R$ 35 milhões?

  • Há três unidades de 350 m2 à venda à beira-mar, no Leblon (RJ). O preço é de R$ 100 mil por metro quadrado.
  • A insensatez do cônjuge adúltero ao praticar “tais atos” no ambiente familiar, onde as partes moravam com os três filhos comuns.
  • A predominância masculina no Itamaraty: dos 205 embaixadores brasileiros, apenas 20% são mulheres.
  • Chega ao STJ um novo recurso sobre a proibição (ou liberação) do Airbnb.