Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre, terça-feira, 11 de maio de 2021.
(Próxima edição: sexta-feira, 14).
https://www.espacovital.com.br/images/jus_azul_7.jpg

Dez anos do Mazembaço... e a IVI comemora Figueroa!



Imagem: Visual Hunt

Imagem da Matéria

“Isso de IVI não existe!”. A próxima vez que algum gremista me disser isso, prometo quebrar minha primariedade penal (isto é, vou partir pra briga e posso ser processado).

Zero Hora de segunda-feira (14) : nenhuma linha sobre o fiasco do Mazembaço. Mas ao meio-dia a RBS Tv mostrou os 45 anos da conquista do Brasileirão pelo Inter. Devem ter lido o livro 1948, em que Winston tinha a função de apagar o passado. Isso: continuam dizendo que “isso de IVI não existe”.

Tudo muito autoexplicativo.

Mudando de assunto: o Grêmio jogou sem viagra contra o Goiás. Deu uma recaída no broxamento. Incrível a mediocridade do jogo. O Goiás é um time mortinho. E o Grêmio com um time de fritar bolinhos. E nem li o que Ilgo Wink escreveu. Ou seja, não li e discordo.

Vamos a uma estatística, da Gremiopédia, que o RW me enviou: o Grêmio perdeu 11 pontos para os times de melhor aproveitamento do Brasileirão: São Paulo, Atlético MG, Flamengo, Palmeiras e Inter.

E perdeu incríveis 18 (dezoito) pontos para os piores: Goiás, 2; Vasco, 2; Sport, 3; Corinthians, 2; Fortaleza, 2; Atlético-GO, 2; Ceará, 2; Santos, 3.  Isso que jogamos com 11 contra 9, do Corinthians. E o Ceará e o Goiás estavam com times desfalcados.

Esses números são assustadores. Mostram o descaso com um campeonato que, de problema, pode até virar solução. Explico: como se chega à Libertadores (desejo maior)? Trabalhando no desejo menor (Brasileirão). Por que? Porque se não ganharmos a Copa do Brasil e nem a Libertadores, precisaremos estar entre os cinco ou seis melhores do indesejável Brasileirão. E se ficarmos abaixo do 4º lugar, vem o inferno da pré-Libertadores.

Ah: registro: pré-Libertadores é ruim. Claro que, quando o Inter disputa, desaparece o “pré”. Mas para o Grêmio não tem essa vantagem de “sequestro semântico”. Mas, é claro, IVI não existe. É coisa que colocam na sua cabeça. Assim como existem os negacionista da COVID e das vacinas, existem os negacionistas da IVI. Será que a IVI é plana ou esférica?

Em tempo: amanhã tem o Santos. Pela Copa Libertadores. Grêmio sem Jean Pierre? Com Luiz Fernando?


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor