Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira, 23 de outubro de 2020.
https://www.espacovital.com.br/images/jusazul.jpg

Cientistas de três universidades vêm estudar o chapabranquismo tricolor !



Imagem: Google - Edição EV

Imagem da Matéria

O chapabranquismo é um case a ser estudado. A gota d’água, o leit motiv que levou três universidades a formarem um pool foi o mais recente artigo de Ilgo Winck, em seu simpático e prestigiado blog.

Lembremos que Ilgo vem fazendo pesada campanha contra os - para ele - “secadores gremistas”. Maus gremistas. Fariseus do futebol. Seriam esses dissidentes do regime que insistem em defender que o Grêmio não deve poupar e que deve dar atenção ao Campeonato Brasileiro. Ousados esses dissidentes.

Ilgo diz que isso é bobagem. Tem mesmo é prestigiar as “Coôoopas”. E poupar (espero que não seja tipo APLUB)! E chegou a dizer, na semana passada, que os secadores ficaram frustrados com o empate contra o Fortaleza e a vitória contra o Bahia! E diz também que, quando o Grêmio é eliminado de uma CÔOpa, não deveríamos chorar e protestar.

Engraçado. Por qual motivo eu e meus camaradas dissidentes do regime – que estamos condenados a um gulag ludopédico – não protestaríamos por uma derrota?

Afinal, o que é ser gremista? Existe monopólio? Existe uma essência de gremismo, somente acessível a poucos eleitos? Seria Ilgo um realista moral capaz de captar essa essência de uma espécie de “lei natural do futebol” da metafísica clássica? Uma ousia? Um ens creatum ludo-teológico que, ontologicamente, é captado pelos autênticos gremistas? Uma espécie de verdade-real-torcidoral?

Vejam que, depois do jogo do Palmeiras, Ilgo diz: “O Palmeiras teve dificuldades para trabalhar a bola, PARA DESESPERO E IRRITAÇÃO DOS SECADORES, AZUIS E VERMELHOS”. Pera aí. Ofensa, não. Cadê a carteirinha de Gremista Essencial?

A questão é grave. Por isso, preocupadas com esse fenômeno, a Shimum University (Califórnia),  a Universidad Matocagao III (Huelva de Portero)Scheißwald Universität (Staad der Neiven Am Rheim) fizeram um consórcio para estudar esse tipo de gremismo chapa branca. Farão experiências no blind review. Um grupo receberá jogos placebo e, o outro, jogos de verdade. A pesquisa durará três meses.

Claro que, se no meio do caminho existir perigo de rebaixamento no Brasileirão, haverá redimensionamento da pesquisa.

Post scriptum (1)

Que feio o técnico Coudet se negar a dar a mão ao Rogério Ceni. Bah. E que feio a ZH não emitir opinião sobre o pênalti reclamado por Musto. Afinal, Diori é pago para quê? Ah, já sei. É pago para dizer: “É lance interpretativo”! Binguíssimo!

Post scriptum (2)

Jus Azul curtinho hoje. É que estou respondendo ao questionário do pool de universidades. Dá muito trabalho.

________________________________________________________________________________________________

Dê a sua opinião!

O Espaço Vital estimula a participação dos leitores. Opine, utilizando o formulário disponível abaixo em A PALAVRA DO LEITOR.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Gre-Nal, desconfortos, dois gols e o espelhamento da IVI

“Visível o desconforto do capitão Reche comentando o Gre-Nal no SBT. Seu time perdeu de novo. Reinava no estúdio um mal-estar da modernidade (...) E aproveitem para ouvir dois gols na voz vermelha de Ítalo Gall.”