Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira, 07 de agosto de 2020.
https://www.espacovital.com.br/images/jusazul.jpg

O terraivismo, versão do terraplanismo futebolístico



Revirando papeis, achei duas manchetes (ambas de 2018) de Diogo Olivier (conhecido como Diogo Pipoca), ambas de 2018.

reproduzidas no âmbito do blog Corneta do RW

Uma manchete diz: “o Inter já ganhou o seu troféu em 2018!”

A outra diz: “Mesmo que ganhe o Brasileirão, ano do Palmeiras será de derrota!”

Pronto. Só por isso a IVI (Imprensa Vermelha Isenta) já ganharia o Pulitzer do Futebol: uma bola plana, em homenagem ao terraplanismo! E nem é preciso comentar!

Outra característica da IVI terraplanista: a tese dos dois demônios, postura adotada, aliás, pela imprensa em geral.

A tese dos dois demônios é a seguinte: sempre que você criticar Bolsonaro, você tem de dizer “mas o Lula também...”.

Inter foi beneficiado pelo árbitro...mas...! Sempre tem o “mas”. Se assim não proceder, não vale. Fator Kelly Matos!

Deveriam se abeberar no “filósofo” Ben Stark, de Game of Thrones: Nada que vem antes da palavra “mas” tem algum valor (Nothing someone say before de word BUT realy counts).

No futebol, é o mesmo. Falar das finanças do Inter e constatar o óbvio (vão mal), necessita também puxar as finanças do Grêmio para a desgraça.

Manchete de Pedro Ernesto: “Dupla Gre-Nal agoniza financeiramente na pandemia”.

Bingo!

OK. O Grêmio pode não estar tão folgado. Mas, por favor, comparar com as finanças do Inter, só com a tese dos dois demônios. A Globo News inventou esse truque jornalístico. Sempre fica bem com os dois lados, embora fique nítido para quem o emissor da mensagem torce.

Na verdade, ao lado do terraivismo e da tese dos dois demônios, há o negacionismo ludopédico. Não há fatos; só há interpretação dos fatos. Narrativas. Negacionismo. Cloroquinismo epistêmico.

O Grêmio está tão mal, segundo a IVI, que está vendendo Everton por qualquer preço. A ordem é: puxem para baixo. Junto com o Inter.

O momento já tem até um slogan da IVI: “Vamos arranjar uma crise gremista”!


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Porque a IVI e a CIA deveriam ler Gulliver e “1984”!

“Gostamos tanto de futebol. Conhecemos as regras, podemos xingar o juiz, dizer palavrões e fazemos a nossa guerra particular, torcendo para os artilheiros furarem a defesa a barreira do adversário. Deveríamos aproveitar melhor os espaços nos meios de comunicação para tratar mais de cultura”.

Foto: Creative Commons

Escolhida a seleção dos filósofos e o treinador

 

Escolhida a seleção dos filósofos e o treinador

“Quarentena, futebol parado, IVI bocejando, resolvi chatear os leitores com um assunto que é a antítese da linguagem chula, antítese de palavrões. Entre os escolhidos, unanimidade para Aristóteles, relembrado neste busto construído para homenagear o Liceu criado pelo filósofo”.