Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira, 05 de junho de 2020.
https://www.espacovital.com.br/images/smj.jpg

Ultrajes e vilanias contra Patrícia Pillar



Reprodução/ TV Globo

Imagem da Matéria

  Que horror!

A global Patrícia Pillar, 56 de idade, está enfrentando nós processuais em uma ação judicial, no 6º Juizado Especial Cível do Rio de Janeiro. Desde maio de 2019 tramita ali uma ação dela contra dois internautas (José de Ribamar Ferraz de Araújo e Sérgio Zanella) que postaram ofensas em rede social.

Escreveram assim:

“Você é uma dessas vagabundas que se dizem artistas. Por que não vai tirar fotos nua na Playboy ou na Sexy para bancar as suas mordomias, ou então arruma outro macho que seja político ladrão para te bancar?”.

Que azedume pessoal e verbal!

Patrícia foi casada com o político Ciro Gomes, de 1999 a 2011. Depois, de 2015 a 2019, manteve união estável com o gaúcho (de Santo Ângelo), Carlos Henrique Schroder, diretor-geral da Rede Globo. Os ultrajes contra a mulher e a profissional de tevê são inaceitáveis.

A magistrada sorteada para a causa declarou-se impedida - (CPC, art. 144, inciso III) – hipótese clara: “Quando nele estiver postulando, como defensor público, advogado ou membro do Ministério Público, seu cônjuge ou companheiro, ou qualquer parente, consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, inclusive”.

Assumiu o substituto de tabela, mas já ocorreram dois adiamentos porque um dos réus – que residiria em São Paulo – não foi localizado. A audiência inicial teve, agora, nova designação: 10 de junho de 2020. (Proc. nº 00111245-47.2019.8.19.0001).

  Conhece alguém não ligado no WhatsApp?

Uma pesquisa da Panorama Mobile Time/Opinion Box revelada ontem à noite traz uma tabulação final impressionante: dos 1.987 brasileiros entrevistados em fevereiro, que possuem smartphone, 1.958 usam o WhatsApp. São impressionantes 99%! É o maior percentual de uso desde o começo da pesquisa periódica em 2015.

Outras revelações:

a) 98% fazem uso do aplicativo todos os dias ou quase todo o dia;

b) 24% dos entrevistados avaliam que “passam mais tempo no aplicativo do que deveriam";

c) Do total, só 13% se dispõem a reduzir esse tempo.

  IPTU de famosos

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, acaba de ter uma de suas leis contestadas no STF por Flávio Bolsonaro.

O senador entrou com um recurso extraordinário no Supremo para que o valor do IPTU no Município do Rio de Janeiro seja reduzido. A ação foi ajuizada quando Flávio era deputado estadual e nas instâncias inferiores teve sentença e acórdão de improcedência.

Os fatos remontam a 2017, quando o aumento do IPTU foi uma das principais receitas da gestão Crivella para tentar evitar a quebradeira. O relator é o ministro Edison Fachin. (RE nº 1255242).


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Foto: Associated Press (1969)

Afinal, quem disse em 1962 que “o Brasil não é um país sério” ?

 

Afinal, quem disse em 1962 que “o Brasil não é um país sério” ?

•  A frase foi erradamente atribuída a Charles de Gaulle. O ex-editor do Jornal Nacional, Luiz Edgar de Andrade, falecido na semana passada, foi personagem involuntário de uma das primeiras fake news internacionais.

•  O termômetro judicial da Covid-19: são 10 mil novas ações trabalhistas.

•  Decisão judicial concede 45 dias de licença remunerada para auxiliar de enfermagem.

•  As liminares que estão criando novas modas.

•  Projeto de lei quer disciplinar abertura de novas contas nas redes sociais.

Geraldo Bubniak / Fotoarena

Brasil é o país em que mais se mata tendo o futebol como motivação

 

Brasil é o país em que mais se mata tendo o futebol como motivação

  A primeira contagem - faltando dados de alguns países menos ligados - já passa de 1.500 vítimas.

  Tribunais estimam cerca de 2.200 recuperações judiciais até final de 2020.

  TJRS elege Armínio Abreu Lima da Rosa como novo integrante do TRE-RS.

  A mudança do regime conjugal de bens do casal Odebrecht.

  STF decide que procuradores da Fazenda Nacional não têm direito a férias de 60 dias. E os outros?

  Importação de sementes de cânhamos fica suspensa. Seria psicotrpopico?

Fux alerta juízes sobre os efeitos da Recomendação nº 62 do CNJ

• A dose dos remédios jurídicos recomendados por Toffoli “não pode matar a sociedade doente e gerar uma crise sem precedentes na segurança pública nacional”.

• STF julga dia 17 a ação direta de inconstitucionalidade da AMB contra parte do artigo 144 do CPC.

• O leitor sabe o que significa comorbidade? Está na moda.

• Melhores sinais na Europa na evolução do coronavírus.

• Piores sinais em residências brasileiras durante a quarentena.