Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), terça-feira, 14 de julho de 2020.
https://www.espacovital.com.br/images/escreva_direito_2.jpg

Frases com grafia correta



Charge de DUM - http://dumilustrador.blogspot.com/

Imagem da Matéria

Esta é a última edição do ano de Escreva Direito; depois dela, virão Natal, virada de ano, férias e outras festas. Para que estas sejam completas, vamos grafá-las em grafia correta, seguindo algumas regras.

Iniciais maiúsculas/minúsculas. Os nomes que designam datas comemorativas, diz a regra, devem ser grafados com iniciais maiúsculas; portanto, Natal.

Ano novo, ou Ano-Novo? Depende do alcance dos votos. Se a intenção for desejar uma boa virada de ano, aludindo apenas ao primeiro dia, à data festiva, faz-se referência à data comemorativa que marca um novo ano; portanto, com iniciais maiúsculas. E por que o hífen? Vamos ao princípio que rege o emprego do hífen em palavras compostas: usa-se hífen sempre que houver a intenção de alertar o leitor sobre alguma mudança de sentido na expressão. Sem hífen, ano novo faz referência a todo o ano que está iniciando; se a intenção for limitar os votos à comemoração que marca a entrada de um novo ano, a forma de avisar o leitor é, além das maiúsculas, usando hífen: Ano-Novo. Assim, aproveito para desejar feliz Ano-Novo e feliz ano novo a todos os leitores do Espaço Vital, tudo precedido de um Natal de muita harmonia.

Felizes férias (feriados e feriadões) ou feliz férias? Companheiro fiel do substantivo, o adjetivo, por óbvio, sempre concorda com ele. Assim, se felizes é adjetivo vinculado ao substantivo férias, é claro que precisa concordar com ele, acompanhando-o no plural: felizes férias. A origem da dúvida prende-se ao fato de a palavra férias não ter a forma singular féria, já que refere descanso plural, de mais de um dia. Quando é para designar apenas um dia de descanso, a língua portuguesa disponibiliza a palavra feriado, e, para os feriados estendidos, oferece o popular e generoso aumentativo feriadão. Assim, aproveito também para desejar bons feriados e feriadões, e felizes férias a todos os leitores do Espaço Vital.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Ciclone-bomba

Diz a regra: “Usa-se hífen em combinações substantivas cujo segundo elemento é indicativo de tipo, forma ou finalidade”. Trocando em miúdos: sempre que o composto é formado por dois substantivos e o segundo informar sobre tipo, forma ou finalidade em relação ao primeiro, usa-se hífen. Bingo!

Imagem (2003) Randy Glasbergen

Meu (muy) amigo computador

 

Meu (muy) amigo computador

O Espaço Vital está repetindo hoje (16) a coluna de sexta (12), em decorrência de a publicação ter ocorrido com cortes - pelo que nos desculpamos com os leitores. O articulista observa que “algumas normas gramaticais são subjetivas, dependentes da inteligência intuitiva, não podendo ser interpretadas e aplicadas pela inteligência artificial do computador”.