Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), terça-feira, 04 de agosto de 2020.
https://www.espacovital.com.br/images/smj.jpg

Relacionamento amoroso não dá direito a carteira assinada



 Deixa quietas...

Passou uma semana sem qualquer manifestação da Corregedoria-Geral do TJRS sobre a inédita publicação do Diário da Justiça On Line, para a citação editalícia do Município de Xangri-lá, por se encontrar “em lugar incerto e não sabido”.

O perolar documento oficial – que revela ausência de fiscalização no Fórum de Capão da Canoa - foi criado por uma servidora e chancelado por uma juíza.

Supervisão funcional? Ler antes de assinar? Ora, deixem pra lá... (Proc. nº 141/1.13.0004900-3).

 É caro

A embaixada brasileira em Washington (EUA) custa aproximadamente R$ 1 milhão por mês. Este ano, até 31 de agosto – com as oscilações do dólar – foram despendidos R$ 8,1 milhões.

Retroativamente, em sequência, tinham sido R$ 13,8 milhões (2018), R$ 11,5 milhões (2017) e R$ 11,9 milhões (2016).

 É caro também!

O preço médio do metro quadrado em apartamentos de alto padrão em Porto Alegre (preço acima de R$ 1,5 milhão), chega a R$ 12,9 mil e é o terceiro mais caro do Brasil. O levantamento foi feito pelo Zap Imóveis em dez capitais de estados brasileiros.

O mais caro, disparado, é o preço médio no Rio de Janeiro, com absurdos R$ 17,4 mil; em segundo, São Paulo, com R$ 14,7 mil.

Belo Horizonte e Salvador ficam em quarto e quinto, com R$ 12,3 mil e R$ 11,9 mil respectivamente.

• Serviços gerais”...

O juiz da 3ª Vara do Trabalho de Sete Lagoas (MG), Cléber José de Freitas, negou o pedido de reconhecimento de relação de emprego de uma moradora daquela cidade com o dono de um bar, com reintegração ao trabalho. É que, segundo entendimento do magistrado, ficou provado que a relação entre os dois tinha sido apenas amorosa, e não trabalhista.

A mulher alegou que foi admitida maio de 2017 para exercer a função de serviços gerais no bar do proprietário e na residência dele, mediante o pagamento de R$ 200 semanais. Foi dispensada sem justa causa, em agosto de 2018, quando estava grávida.

Alegou que não teve o contrato de trabalho anotado em sua CTPS, nem recebeu o pagamento de direitos trabalhistas, inclusive as verbas rescisórias a que tinha direito.

Em sua defesa, o proprietário do bar sustentou que inexistiu vínculo empregatício entre eles, mas sim um relacionamento amoroso.

A sentença teve palavrório: “Não emerge dos autos demonstração da existência, na relação travada entre as partes, dos supostos configuradores do contrato de emprego, improcedendo, por corolário lógico-jurídico, todos os pedidos postos na inicial”.

Houve recurso ao TRT-MG, que não foi conhecido: é que a advogada signatária não possuía procuração válida, capaz de autorizar a sua atuação no processo. (Proc. nº 0010892-16.2018.5.03.0167).

 Claramente abusiva

O credor tem direito de cobrar as dívidas, mas sem constranger o devedor e sem interferir em seu lazer. Por isso a Claro terá de indenizar com R$ 10 mil uma idosa de 91 anos que, em três dias, recebeu 60 ligações cobrando-lhe R$ 240, pelos serviços de tevê a cabo e internet em banda larga da Net.

Inteligente, a provecta consumidora amealhou um conjunto de “prints” da tela de seu celular, demonstrando a insistência abusiva.

Embora a existência da dívida não esteja em discussão, os julgadores concluíram que a Claro extrapolou em seu direito de cobrar - especialmente ante a relação consumerista que já durava dez anos e pela idade da devedora, que foi considerada "hipervulnerável". (Proc. nº 1011645-51.2019.8.26.0224).

 A política é dinâmica...

O presidente Jair Bolsonaro indicou o diplomata Marcelo Baumbach – ex-porta-voz de Lula - para o posto de embaixador no Haiti. O nome foi encaminhado para apreciação do Senado.

Baumbach foi próximo de Lula nos últimos três anos de seu segundo mandato como presidente (2007 a 2010).

E também atuou como secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência no governo Temer.

A política é dinâmica, e os políticos se entendem...


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Visual Hunt - Imagem meramente ilustrativa

Um contrato de R$ 50 milhões para a superior segurança do STJ

 

Um contrato de R$ 50 milhões para a superior segurança do STJ

  • Os agentes - em número não especificado - ficarão lotados em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.
  • Livro “Humankind” que foi sucesso na Europa será lançado no Brasil: como os humanos prosperam em crises.
  • As gavetas do STF que guardam 12 inquéritos que alcançam ministros, senadores e deputados.
  • Um projeto para a OAB: 30% de conselheiros negros a partir das eleições de 2021.
  • Lago Sul de Brasília é o epicentro da riqueza brasileira.
  • Porto Alegre está entre as três capitais do “home office”.

Arte EV

Um, dois, três, quase 20 mil

 

Um, dois, três, quase 20 mil

Cinco advogados trabalhistas militantes (dois em Porto Alegre; os demais em Canoas, Caxias do Sul e Pelotas) auxiliaram o Espaço Vital na coleta, análise e sintetização de dados sobre o trenzinho do TRT-RS que foi cassado no TST. “Ter pilhas de 800 ou 1.000 processos na Justiça do Trabalho é mais assustador do que ter um acervo de 2.500 na Justiça estadual”.

Marco Aurélio espera que - a partir de setembro - Fux tire o STF da vitrine

  • O ministro que se aposenta em julho de 2021 adverte que “quando se está na vitrine, o estilingue funciona”.
  • Em 30 anos, Fisco tem mais êxito no STF do que contribuintes. E o CREA-RS aparece na lista dos maiores litigantes.
  • Empregada afastada por auxílio-doença não receberá cesta básica. Decisão é do TST.

www.bing.com/images

Gilmar Mendes, o mais falado nas redes

 

Gilmar Mendes, o mais falado nas redes

  • Na segunda-feira foram 92 mil postagens por causa do entrevero dele com as Forças Armadas. No fim-de-semana tinham sido as imagens do ministro sendo apupado num restaurante em Lisboa.
  • Gesto generoso: TJ de Santa Catarina suspende os prazos de advogada que entrou em coma por causa da Covid-19.
  • Já somos 108 milhões de brasileiros com a renda diminuída.
  • Cresce a lista dos substitutos de Celso e Marco Aurélio: são cinco cotados para as duas vagas no STF.
  • Carlos Alberto Decotelli, que ficou ministro da Educação por cinco dias, vai entrar com ação contra a FGV.
  • Comparações: a “nova” Odebrecht e... a Odebrecht de outrora.

A vida nem sempre foi justa com Martha Rocha

  • Eleita a segunda mulher mais bonita do mundo em 1954, antes de completar seu 4º ano de casamento, ela perdeu o marido num acidente aéreo.
  • “Abra a porta, senão vamos arrombar!”. Uma diligência com 20 anos de atraso no apartamento do produtor Daniel Filho, ex-global.
  • Uma raridade: sentença rápida, 60 dias depois do ajuizamento, numa ação monitória em São Francisco de Paula (RS).
  • Entre políticos e empresário, uma reunião para decidir a “sucessão” da propina.

Foto: Visual Hunt

Dilma busca pensão de R$ 10,7 mil mensais: “perseguição durante a ditadura”

 

Dilma busca pensão de R$ 10,7 mil mensais: “perseguição durante a ditadura”

  • A ex-presidente da República recebe atualmente R$ 12.600 mensais da Fundação Perseu Abramo.
  • Pouco dinheiro e muito dinheiro: enquanto a cantora Angela Rorô pede que cada um de seus amigos doe R$ 10 a ela, a CBF perde ação de US$ 3 milhões para a multinacional Procter & Gamble.
  • Uma demanda entre duas empresas pelo uso do sobrenome Dalcin.
  • Chineses retornando para os estudos nos EUA: eles são 369 mil.
  • A garantia fiduciária prestada por devedor convivente, sem a outorga uxória da companheira é parcialmente nula.
  • 52% dos hotéis brasileiros ainda estão fechados.