Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira, 10 de julho de 2020.
https://www.espacovital.com.br/images/jusazul.jpg

O evangelho segundo Jesus



Arte EV sobre foto Diário dos Campos

Imagem da Matéria

Saíram os novos mandamentos do evangelho segundo Jesus. Os manuscritos foram encontrados escondidos nos escombros de uma velha boate frequentada por jogadores e técnicos de futebol, que os esconderam em face do perigo que o seu conteúdo representava para o ´establishment ludopédico´.

Vejam o conteúdo explosivo.

Primeiro mandamento: Não basta ganhar. É preciso dar espetáculo para o torcedor.

Segundo mandamento: O treinador tem de ser criativo como o jogador.

Terceiro mandamento: É preciso ser intenso o jogo todo, marcando ou atacando.

Quarto mandamento: O jogo é para a frente, é melhor ganhar por 5 a 4 do que por 1 a 0.

Quinto mandamento: Jogador não precisa ser poupado de um jogo para render na partida seguinte.

Sexto mandamento: Futebol é jogo de contato; é do risco da profissão – porque futebol é profissão - ocorrer lesão, tanto no treino, no RACHÃO (um dos apóstolos colocou em caixa alta, não se sabe por que), ou no jogo.

Sétimo mandamento:  Jogador de futebol tem de fazer uma coisa que qualquer trabalhador faz. Trabalhar, isto é, jogar.

Oitavo mandamento: Treinos e estudos do adversário ajudam em muito aquilo que muita gente chama de sorte.

Novo mandamento: Se o seu adversário é fraco na bola aérea, a sua equipe deve insistir...na bola aérea.

Décimo mandamento: Indispensável que se tenha disciplina; jogadores passam por biometria, almoçam juntos, tem de chegar uma hora antes dos treinos, treino em dois turnos. A vida social dos atletas tem que ser diminuída.

Eis os mandamentos do ´Evangelho Segundo Jesus´.

Bom, pode até ser crucificado mais tarde. Até porque o outro Jesus também o foi.

A ver.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Porque a IVI e a CIA deveriam ler Gulliver e “1984”!

“Gostamos tanto de futebol. Conhecemos as regras, podemos xingar o juiz, dizer palavrões e fazemos a nossa guerra particular, torcendo para os artilheiros furarem a defesa a barreira do adversário. Deveríamos aproveitar melhor os espaços nos meios de comunicação para tratar mais de cultura”.

O terraivismo, versão do terraplanismo futebolístico

Manchete de Pedro Ernesto: “Dupla Gre-Nal agoniza financeiramente na pandemia”. Ora, o Grêmio pode não estar tão folgado. Mas, por favor, comparar com as finanças do Inter, só com a tese dos dois demônios. O momento já tem até um slogan da IVI: “Vamos arranjar uma crise gremista”!

Foto: Creative Commons

Escolhida a seleção dos filósofos e o treinador

 

Escolhida a seleção dos filósofos e o treinador

“Quarentena, futebol parado, IVI bocejando, resolvi chatear os leitores com um assunto que é a antítese da linguagem chula, antítese de palavrões. Entre os escolhidos, unanimidade para Aristóteles, relembrado neste busto construído para homenagear o Liceu criado pelo filósofo”.