Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira, 3 de julho de 2020.
https://www.espacovital.com.br/images/201811081626490.jpg

O fenômeno Flamengo



Reprodução Globo Esporte

Imagem da Matéria

O futebol carioca já viveu o seu apogeu. O Rio foi sem dúvida a capital brasileira do futebol. Além de um dos maiores estádios do mundo, lá estavam sediados os principais clubes. A simpatia pelos grandes contaminava o restante do país. As exceções: Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais. No restante o time do coração era o Flamengo, ou o Botafogo, ou o Vasco.

Depois, vieram os grandes clubes paulistas, expandindo a sua preferência pelas demais regiões. Todos eles contam com torcidas imensas, realidade que teve início graças às transmissões radiofônicas dos jogos em ondas curtas.

A grandiosidade numérica não representou organização e estruturação. O que ocorreu nos clubes cariocas foi de chorar. A falta de seriedade dos dirigentes, a instrumentalização política e os desvios financeiros acarretaram uma verdadeira debacle. Ao mesmo tempo, clubes como o Internacional, São Paulo e Athlético Paranaense passaram a viver novos tempos. Finanças organizadas, bons estádios, pagamento em dia dos jogadores, etc. O Rio perdeu o seu protagonismo que, evidentemente, levou à escassez de títulos.

O Flamengo, estabeleceu no passado uma parceria com a Unimed. Como a Unimed Rio está praticamente quebrada, o Flamengo viveu um dos seus piores períodos. Mas o Flamengo que vemos agora parece ter acertado a mão. Contratou bons jogadores, trocou de técnico que está fazendo chover. Tem chances efetivas de ser o campeão brasileiro e finalista da Libertadores da América.

Fica a lição: a boa administração do clube tem reflexos no futebol - e o futebol permite que a administração colha resultados.

Nitidamente o Flamengo vem recuperando a hegemonia. Se isso continuar, é imprevisível o tamanho que pode assumir o clube carioca.

Sobre Flamengo x Internacional, na quarta-feira, apenas um comentário: foi pênalti no Guerrero e o nosso prejuízo foi grande.

Aguardemos os próximos jogos do Flamengo.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Barcelona x Mazembe

“Soube que o presidente colorado da época atribuiu a derrota do Inter, quando da segunda participação colorada em mundial Fifa, à ´falta de foco´. Mas o inacreditável resultado da partida contra o time do Congo foi o reflexo de um clube destroçado em suas entranhas, com total inversão de prioridades”.

Ciências Criminais

Píffero X Baldasso – a sentença

 

Píffero X Baldasso – a sentença

“A improcedência de ação por dano moral do ex-presidente do Inter contra o jornalista Fabiano Baldasso. Lembrei de um provérbio (ano 62, antes de Cristo), surgido após uma orgia exclusivamente feminina: “À mulher de Cesar não basta ser honesta, tem de parecer honesta”.

Adeus, Tobias Colorado!

“O destino, quase sempre por obra do acaso, tem a capacidade de criar situações que assumem relevância na nossa vida. Há exatos onze anos, ganhei da minha filha um bulldog inglês, o Tobias. Um dia desses, ele se foi”.