Ir para o conteúdo principal

Edição de terça-feira ,19 de novembro de 2019.
https://www.espacovital.com.br/images/smj.jpg

“Democracia em Vertigem” exibirá, na Netflix, os bastidores da queda de Dilma Rousseff



 Colchão usado

A partir do próximo dia 19, a Netflix disponibilizará o documentário “Democracia em Vertigem”, dirigido pela cineasta Petra Costa. O enredo mergulha nos bastidores da queda de Dilma Rousseff.

Numa das cenas mais impactantes, servidores do Palácio da Alvorada preparam a mudança para a saída definitiva. Carregam roupas, retratos, e até o colchão de casal usado pela presidente deposta.

Mas não fica por aí o impacto do documentário. A cenas tantas, o filme mostra como um deputado – até então sem maior realce – conseguiu flanar na onda antipetista. Numa sequência, ele recebe um cinegrafista, exibindo-lhe orgulhoso uma galeria de retratos dos presidentes dos anos de chumbo. As cenas se passam no gabinete do então deputado federal Jair Bolsonaro.

 Mantenham distância!

A ministra Rosa Weber, do STF, suspendeu acórdão do Tribunal de Contas da União que dispõe que a OAB está sob sua jurisdição e deve prestar contas para controle e fiscalização. A decisão liminar é de sexta-feira (7).

A decisão do TCU foi proferida em processo administrativo, com acórdão publicado em novembro de 2018 que concluiu que “a OAB é uma autarquia e a contribuição cobrada dos advogados tem natureza de tributo”.

No mandado de segurança, o Conselho Federal da OAB sustentou que “o ato do TCU atenta contra direito líquido e certo de não submeter suas contas ao controle e à fiscalização de órgãos públicos, notadamente porque não integra a administração pública e em razão da função institucional que exerce e das garantias constitucionais de autonomia e independência que ostenta”. (MS nº 36.376).

 O preço do surto

A Santa Casa de São Gabriel (RS) pagará R$ 8 mil de indenização por danos morais a um terapeuta agredido por paciente da ala psiquiátrica durante um surto psíquico. A decisão é da 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região. O julgado revisou o entendimento da Vara do Trabalho de São Gabriel, que negou a indenização sob fundamento de que “ao concordar em trabalhar com pacientes que possuíam distúrbios químicos ou mentais, o terapeuta estava ciente dos riscos”.

Para a relatora do recurso, desembargadora Tânia Regina Silva Reckziegel, "ainda que se entenda inerente à função do autor presenciar situações peculiares decorrentes de distúrbios de pacientes, por certo que não é razoável concluir que a submissão a agressões físicas seja inerente à função desenvolvida pelo empregado”. (Proc. nº 0020492-23.2017.5.04.0861).

 A importância de uma letra

No caso aí de cima, houve escorregão de digitação no acórdão do TRT-4: “Quanto ao furto no estabelecimento da empresa, foi trazido aos autos BO realizado pelo reclamante”.

Percebe-se o equívoco, na aposição de um ´, onde deveria ser ´s´, ainda não corrigido na publicação oficial. Erro material, claro.

Afinal, furto é “o ato se apoderar de coisa móvel pertencente a outra pessoa, sem a anuência desta”. E surto é “o aparecimento inesperado de algo; crise; manifestação intensa de um fenômeno favorável ou desfavorável”.

• Escreva direito

Tudo a ver com o vernáculo, o EV inicia na próxima sexta-feira (14) um espaço semanal com a assinatura de Paulo Ledur, professor de Português e titular da Agê Editora.

Ledur pretende ajudar a evitar a repetição de pequenos e grandes erros de escrita em peças advocatícias e jurisdicionais.

O tema da estreia será “O uso correto do verbo POSSUIR”. Bom para advogados, magistrados, promotores, assessores e estagiários.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

No Rio, dos 204 que foram presos pela Lava-Jato, 196 já estão soltos

 Vem aí a segunda edição de “A Verdade Vencerá”, o livro de Lula.

 A obra que exalta o ex-presidente não se reporta à frase épica de janeiro de 2016: “Não existe uma viva alma mais honesta do que eu”.

• Prefeito de Cuiabá (MT) só recebe visitas femininas se houver um assessor na sala.

 Em loja de grife, cliente vai ao provador e tem a camisa... furtada

MTV Movie Awards – Divulgação-1993

A terra treme em um dos maiores escritórios de advocacia do Brasil

 

A terra treme em um dos maiores escritórios de advocacia do Brasil

 Proposta indecente. Uma versão brasileira do filme que fez sucesso em 1993 com o “triângulo” vivido por um casal em dificuldades financeiras e um milionário que despejava dinheiro em Las Vegas (EUA).

No Brasil, usando as redes sociais, um executivo diz que sua ex-esposa transou com um dirigente de famosa banca advocatícia para que ela fosse aceita como sócia.

Relacionamento amoroso não dá direito a carteira assinada

Justiça do Trabalho analisou a contratação, pelo dono de um bar, de mulher para “serviços gerais”.

 Silêncio da Corregedoria no caso do município que se encontra em “lugar incerto e não sabido”

• Preço do metro quadrado em apartamentos de alto padrão, em Porto Alegre, é o terceiro mais caro do Brasil.

 R$ 1 milhão por mês: o custo da embaixada do Brasil nos EUA.

 Claro condenada por ligações abusivas: 60 chamadas, em três dias, para o celular de idosa de 91 anos.

Arte de Camila Adamoli - Foto Jornal Visão Regional

Devedor do Banrisul por sete anos

 

Devedor do Banrisul por sete anos

 Em Ibirubá (RS), comarca de única vara, juiz declara-se suspeito de jurisdicionar ações a favor ou contra o Banrisul.

 Todos os processos em que o banco é parte serão redistribuídos aos magistrados substitutos de tabela, em comarcas vizinhas.

 Nomeação de neto de Tarso Genro para assessor de juiz não significa nepotismo.

Prefeitura de Xangri-lá (Divulgação)

Diário da Justiça diz que Xangri-lá está “em lugar incerto e não sabido”...

 

Diário da Justiça diz que Xangri-lá está “em lugar incerto e não sabido”...

 O atraente município gaúcho praiano está sendo citado por edital para pagar uma dívida de R$ 3.782,45.

• Ação penal vagarosa: hoje (21.10.2019) completam-se 13 anos do homicídio do escrivão Paulo César Ruschel, em Novo Hamburgo.

 Rodrigo Janot arrepende-se de ter nominado que o “tiro na cara” seria para Gilmar Mendes.

 Nomeação do advogado Fernando Marcel Genro Robaina para cargo em comissão de assessor de juiz, em Porto Alegre.