Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira,
03 de abril de 2020.
https://www.espacovital.com.br/images/jusazul.jpg

Novos aforismos sobre a crise do time do Grêmio



Arte de Camila Adamoli sobre fotos Uol Esporte (E) e Camera Press (D)

Imagem da Matéria

Seguindo Wittgenstein (que não joga no Bayern), novos aforismos. Estes são conceitos que se pretendem autoexplicativos, tornando despiciendas explicações. É como uma anedota. Não se explica.

1. André esgotou. E atirou no próprio pé, errando uma enorme goleira que, para ele, tem mais de 8 metros, conforme sugere a ilustração deste Jus Azul.

2. André se consolida entre os cinco piores negócios do mundo: o primeiro foi a troca de um bisão por um cacho de banana; o segundo foi a refinaria de Pasadena; o terceiro foi André; o quarto embolou Jacozinho, Fábio Bilica e Chamaco Rodriguez; o quinto foi Renato Portaluppi ter preferido Michel na zaga quando tinha Rodrigues (o da base) e, assim, causou enorme prejuízo ao time.

3. O pior foi ouvir Renato dizer que “André volta contra o Juventude”. É pensamento mágico, igualzinho ao que havia no Grêmio quando se pensava assim: “No próximo jogo Oscar Ortiz vai cruzar e Alcino Terremoto fará de cabeça...”, só que não. Aguardam até hoje...

4. O Grêmio muda nome para Clube Recreativo? Haverá férias para o time durante a Copa América? Mas o time está se arrastando em campo no segundo tempo. Pra completar, Duda Kroeff informa: “David Braz vem, mas só depois de descansar”. Ah, bom. Rapaz cansado.

5. Esvaziar o Brasileirão pode ter consequências gravíssimas. Além do perigo de sempre do risco de cair para a segundona, esvazia o estádio. Esvazia, mesmo. Elementar isso.

6. Animicamente, é péssimo Renato dizer “poderemos ir à Bahia e perder”. Não gosto de auto ajuda, mas auto ajuda ao contrário é pior ainda.

7. Aforismo ratificativo: o Grêmio nitidamente se arrastando em campo e se diz que parará em junho para...descansar! Fator Jaiminho, da turma del Chavo de Ocho: querem evitar a fadiga!

8. Leio que teve gente na Arena brigando entre si: uma parte defendia a indicação de André para bater o pênalti. Chapabranquismo é coisa para se guardar... Chapabranquismo é agro. Agro é pop.

9. Para se ter ideia de como não é difícil ganhar o Brasileirão, basta ver o Santos: um time fraco, cheio de guris e castelhanos ruins – não perdeu para os gaúchos. Sensação entre aspas é o Flamengo, que veio ao Beira Rio e se borrou todo. Mais um motivo para abrir o olho: cuidado com os ´mata-matas´; por vezes são resolvidos por uma chispa de poste ou por um VAR vigarista (como o que mandou refazer a cobrança contra o Fluminense e anulou o pênalti marcado contra o Inter – ah VAR se afumentar!). Depois pode restar só o desprezível Brasileirão...! Quem avisa, amigo é!

10. Absolutamente ridículos os comentadores de VAR. Paulo Cesar Oliveira, uma mulher que não sei o nome, e Sandro Meira Ricci (vou poupar os daqui): só dizem besteira. Ora, com câmera lenta, qualquer sujeito com meio neurônio carunchado faz profecia sobre o passado. Está insuportável essa ditatura de medíocres que só sabem dizer “Ah, foi buscar espaço”; “Ah, projetou-se”; “Ah, foi disputa por espaço”. E que raios de árbitro é esse que apitou Grêmio e Atlético e não expulsou o apoplético mineiro Luan, que parecia estar fora de si? Fizeram antidoping no cara (no árbitro e no Luan)?

Post scriptum – Torcedores gremistas anotem a tirada verborrágica de Duda Kroeff. Ele disse assim: “Calma galera: tá tudo sob controle”! Ufa!

Em tempo - Sigam meu Twitter: @streckgremio.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Arte EV sobre foto Visual Hunt

Faltou vontade ao Grêmio

 

Faltou vontade ao Grêmio

“Jogar no time gremista é - ou parece ser - algo como uma colônia de férias. Aqui mesmo no Jus Azul já pedi ao Papai Noel que proibisse Renato de fazer ´rachão´ e que pusesse a rapaziada a treinar. Como o Jesus faz no Rio de Janeiro”.