Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira , 14 de junho de 2019.
https://www.espacovital.com.br/images/mab_123_17.jpg

Projeto de lei do deputado Sebastião Melo (MDB) acaba com a “indústria do guincho”.



Chargista Amarildo – Humor Político

Imagem da Matéria

 O fim da indústria do guincho?

O deputado estadual Sebastião Melo (MDB) protocola esta semana, na Assembleia Legislativa do RS, um projeto de lei que – imagina-se - fará a satisfação de pessoas de bem que passam por apertos financeiros. A proposta legislativa regulamentará todas as ´blitzen´ de trânsito nas cidades gaúchas e rodovias estaduais.

As equipes volantes de policiais militares e/ou agentes civis deverão dispor de equipamentos on line para permitir – a quem for flagrado dirigindo com IPVA impago e multas em aberto - a opção de, na hora, pagar seus débitos via cartão de crédito ou débito.

O rendoso negócio paralelo de guinchos e depósitos autorizados abocanha com força, há muitos anos, cada cidadão pilhado em situação tributária irregular. Além do imposto anual e da(s) multa(s) efetivamente devido(s), são cobrados mais R$ 400 ou R$ 500 pela remoção de cada veículo. Além das diárias de R$ 50 que se acumulam por três, quatro ou mais dias até que o dono do carro consiga pôr fim à faina burocrática e arrecadadora.

O EV apoia o projeto de Sebastião Melo. Ele será pressionado por interesses financeiros e corporativos, e atrapalhado por tartarugas legislativas - sabe-se desde já.

Mas saúda-se o deputado que se dispõe a acabar com o “trenzinho financeiro” que já tem 50 anos, ou mais anos, de generosas colheitas.

 Empresa inspirada pela vida”

Os advogados da família de Ricardo Boechat estão preparando uma milionária ação de indenização contra o Laboratório Libbs, que contratou o jornalista para a palestra de 11 de fevereiro em Campinas (SP). O ajuizamento será na primeira semana após o carnaval.

O Libbs foi o responsável pela escolha da RQ Helicópteros, dona da aeronave que se acidentou e que não tinha autorização para realizar transporte remunerado ou gratuito de passageiros. O piloto Ronaldo Quattrucci, também vítima do acidente, era sócio-proprietário da empresa, sediada em Santana de Parnaíba (SP). A autorização da ANAC era para prestar “serviços aéreos especializados de aerofotografia, aero reportagem e aero filmagem”.

Ironia coincidente, o Laboratório Libbs adota, há vários anos o slogan de “uma empresa inspirada pela vida”. O lema segue mantido, duas semanas depois da tragédia.

Em sua página na internet, o Libbs também refere ser “uma indústria farmacêutica que tem o propósito de contribuir para que as pessoas alcancem uma vida plena”.

Seus números: 60 anos de existência; 13ª posição entre os laboratórios mais prescritos pelos médicos; 8ª posição em valor no mercado farmacêutico de varejo; 83.8% de seus produtos presentes em 60.300 farmácias no país; 2.500 empregados; produção anual de 50 milhões de unidades de medicamentos.

Há pouco mais de dois anos o laboratório inaugurou a unidade Biotec, que produz medicamentos biológicos anunciados como “próprios para câncer e doenças autoimunes”.

Nascido em 13 de julho de 1952, Boechat teve sua “vida plena” acabada aos 66 de idade. De definitivo na vida, só a morte.

  O último baile?

Mesmo com o risco de voltar a ser preso em março, José Dirceu está convidando amigos para a festa de seu 73º aniversário, no sábado 16.

Há quem lembre versos de Roberto Carlos e Erasmo Carlos em "A Garota do Baile”. Dizem assim:

“O baile vai terminar /
E a última dança /
A última dança /
Já vai começar”.

Com ou sem festa de Dirceu, o certo é que Lula não comparecerá. É que a cartada que a defesa do ex-presidente vai jogar no Supremo só será decidida 25 dias depois: na quarta-feira 10 de abril.

Entrementes, os pensativos Toffoli, Lewandowski, Gilmar Mendes e Marco Aurélio não foram convidados para a pretendida festa.

Questão de cautela, para não dar o que falar...

 Disparates no Brasil

Ronaldinho Gaúcho será eternizado (!) no Maracanã, com um espaço dedicado pela concessionária para uma estátua, uma camiseta e uma chuteira.

Para evitar ferir paixões, o polêmico ex-atleta pediu que não fossem expostos os uniformes de nenhum dos times em que ele atuou: Grêmio, Flamengo, Atlético Mineiro e Fluminense.

A escolha dele foi pela camiseta do Barcelona.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Cartunista Walmir Orlandeli

   Condenação da Gol (R$ 1,2 milhões) por afronta a passageiros

 

Condenação da Gol (R$ 1,2 milhões) por afronta a passageiros

 Ação civil pública ajuizada pela Andep favorece 27 passageiros prejudicados pela empresa aérea em Curitiba, Buenos Aires, Montevidéu e Fernando de Noronha. Há trânsito em julgado e a empresa já pagou. Tramitação processual de dez anos e 41 recursos chegou a ter o oferecimento de uma carta de fiança falsa.

 O que Eduardo Cunha pode ter aprendido ao ler o livro “O Príncipe”, de Maquiavel.

 Um bode jurídico e a perda de sêmens de caprinos, na pauta da 6ª Câmara Cível do TJRS.

Arte EV sobre foto de Paul Nelhams

O avião enganoso e o julgamento enganado

 

O avião enganoso e o julgamento enganado

  Arquiteta porto-alegrense, ludibriada pela TAP Air Portugal, ganha indenização moral de R$ 1.500! Juiz leigo e juíza togada levaram em consideração “a condição da vítima e da empresa ofensora”...

 Corregedoria-Geral da Justiça do RS publica provimento que modifica as regras de registro de nascituros com “anomalia de diferenciação sexual”.

  Treze contratos publicitários sofrerão o “efeito ressaca” da atuação de Neymar no hotel parisiense.

 Duas chapas concorrem às eleições de dezembro no TJRS

Procedência de ação rescisória porque recurso foi decidido por desembargador impedido

 O advogado da multinacional reclamada era filho do magistrado-relator. Ele negou provimento a recurso ordinário em ação trabalhista que desacolheu pedidos de trabalhador

• Desembargador Thompson Flores passará a integrar a 8ª Turma do TRF-4 que julga recursos da Lava-Jato.

• Tartaruga suprema: julgamento pelo STF de ação direta de inconstitucionalidade que tramita há 24 anos.

 A moeda da Venezuela vai terminar como “pobre bolívar”?

• Passou a fase da prosperidade dos escritórios de advocacia que defendem os enrolados com a corrupção.

Arte de Camila Adamoli sobre imagem do TCU

   A tecnologia no controle das licitações

 

A tecnologia no controle das licitações

 Alice, Sofia e Monica: as três robôs que auxiliam o trabalho do Tribunal de Contas da União. Saiba por que elas têm esses nomes.

 A recuperação judicial da Atvos: débitos de R$ 11 bilhões e 900 milhões.

 BNDES, Banco do Brasil e Caixa Federal: as “mães” da Odebrecht.

 Mais dois deputados federais - que não se reelegeram em outubro - garantiram aposentadoria na Câmara. Um deles é gaúcho.

 A Braskem começa a devolver R$ 2,87 bilhões para a União.

Advogado condenado criminalmente pelo TJRS escapa no julgamento ético da OAB gaúcha

 

Advogado condenado criminalmente pelo TJRS escapa no julgamento ético da OAB gaúcha

  Denunciado por corrupção ativa e lavagem de dinheiro, o profissional da advocacia teve também desencadeado contra si, em 2012, processo ético-disciplinar. Mas – surpresa!... – prescreveu.

  Cultura geral: um alerta para que o príncipe Hamlet perceba a situação de perigo em que se encontra, principalmente por ações causadas por pessoas próximas a ele.

  Esposa de conselheiro cassado do Tribunal de Contas receberá aposentadoria de R$ 35 mil pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

  Casas Bahia e Ponto Frio pagam R$ 4,5 milhões para colocar fim a duas ações trabalhistas.

  Leilões de patrimônio da bandidagem: 33 embarcações, 12 aeronaves, 300 joias, 6.708 veículos, 9.679 eletrônicos.

  A paciência do Bradesco que está ajudando a Odebrecht.

Caricatura de Carlinhos Müller - https://www.carlinhosmuller.com/

“Eduardo Cunha, cupim da República”

 

“Eduardo Cunha, cupim da República”

  TJ do Rio de Janeiro considera que as “críticas foram ácidas e contundentes”, mas julga improcedente ação, por dano moral, do notório ex-deputado contra O Globo.

  Ficção: eficiência das tartarugas gaúchas em visita estratégica sobre processo que já dura seis anos e meio de idas, vindas e voltas...

  Juiz dos EUA é suspenso por seis meses - sem remuneração - por criticar Trump.

  STJ decide hoje se condôminos inadimplentes podem usar piscinas, churrasqueiras etc.