Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira , 21 de dezembro de 2018.
https://www.espacovital.com.br/images/mab_123_11.jpg

Delatores premiados devem R$ 422 milhões às contas da Lava Jato



Chargista Junião

Imagem da Matéria

 Dinheiro e avareza

A Procuradoria Geral da República lançou ontem (10) uma ferramenta para alertar os procuradores sobre prazos de pagamento de multas e cumprimento de penas de acordos de leniência e delações premiadas da Lava-Jato. O sistema já tem as informações de 170 acordantes, mas o número de acordos firmados no STF e no STJ é 50% maior.

A ferramenta mostrou, nesta segunda-feira, que há, por exemplo, atraso no pagamento de R$ 422,9 milhões. Outros R$ 277,6 milhões irão vencer brevemente. Já foram arrecadados R$ 848,3 milhões em multas e bens arrestados.

“Dinheiro na mão é vendaval”. A expressão, cunhada por Paulinho da Viola na canção Pecado Capital, se popularizou como metáfora da tentação de gastar tudo o que se tem, embora a letra trate justamente do contrário: a avareza.

Recorde o áudio da compassada música que fez sucesso nos anos 80. Clique aqui.

  Nenhuma mulher presidente

Apesar da existência de 545 mil mulheres advogadas brasileiras, no próximo triênio (2019/2021) todas as seccionais da OAB do país serão presididas por homens – eles são um contingente de 572 mil.

Em todos os 26 Estados e no DF, das mais de 70 chapas inscritas, apenas nove eram encabeçadas por mulheres. E destas, uma desistiu da candidatura à presidência às vésperas do pleito. O Ceará teve duas chapas tituladas por profissionais do gênero feminino.

Os Estados em que mulheres concorreram à presidência da OAB foram Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte e Rondônia. No Piauí, a advogada Geórgia Nunes concorreu a presidente da seccional, mas desistiu um dia antes da eleição e candidatou-se ao cargo de conselheira federal pela chapa vencedora.

Apesar de não ocuparem nenhum posto da presidência das seccionais no próximo triênio, as advogadas são maioria entre os eleitos para os cargos de vice-presidente. Nos 26 Estados e no Distrito Federal, elas ocuparão 19 postos de vice-presidência. Na Ordem gaúcha, entre os cinco futuros cargos de comando, duas são mulheres: Regina Adylles Endler Guimarães e Fabiana Azevedo da Cunha Barth, respectivamente secretária-geral e secretária adjunta.

E no Conselho Federal da Ordem, as mulheres ocuparão 16 das 81 vagas de conselheiros titulares.

É pouco!

 

  Direito à herança

A paternidade socioafetiva - declarada ou não em registro público - não impede o reconhecimento do vínculo de filiação baseado na origem biológica, com todas as suas consequências patrimoniais e extrapatrimoniais. Ainda mais quando a ação investigatória de paternidade é ajuizada por iniciativa do próprio filho, o maior interessado.

Nessa linha, a 8ª Câmara Cível do TJRS manteve sentença que deu procedência a uma investigatória que tramitou na comarca de Cachoeira do Sul.

O colegiado entendeu que a decisão de origem foi correta, “pois o pedido de investigação partiu da filha quando o investigado ainda era vivo, não recebeu oposição do pai registral e, o que é o mais importante, a perícia comprovou o vínculo genético”. (Proc. nº 70071160394).

 Dirceu longe de Lula

José Dirceu lançou seu livro de memórias ontem (10), em Curitiba (PR), na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Civil e Mobiliária.

O ex-ministro, que responde em liberdade aos próximos passos do seu recurso, não visitou o Acampamento Lula Livre, perto da prisão onde está o ex-presidente. Na carceragem, Dirceu não seria mesmo admitido, até porque não pode mais se intitular advogado, pois teve seu registro cassado pela OAB-SP em 10 de fevereiro de 2017.

Há também diferenças entre os dois. Uma coisa é Lula - condenado pelo TRF-4, a 12 anos e 1 mês de reclusão - estar recolhido ao cárcere, em Curitiba, desde 7 de abril deste ano.

Outra, bem diferente, é José Dirceu – também condenado pelo TRF-4, a 30 anos e 9 meses de prisão - estar em liberdade desde 27 de junho último, por decisão dos notórios Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

Em outras palavras: Dirceu ainda tem supremo poder; Lula quer ter - mas, por mais que insista, não tem conseguido.


Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Maioria do TRF-2 considera inconstitucional a sucumbência para a AGU

• Nove votos já afirmaram que advogados públicos não podem receber honorários de sucumbência, caso a administração saia vencedora de uma disputa judicial.

 Bye, bye Brasil: 29% dos brasileiros gostariam de deixar nosso país.

 Curso de Direito continuará tendo cinco anos.

 STJ decide a restrição do foro privilegiado também para procuradores da República.

A disputa, por três filhas, sobre a destinação do cadáver do pai falecido há seis anos

  Em vida, o falecido teria manifestado, verbalmente, sua disposição de que, após a morte, seu corpo fosse submetido a um processo de congelamento (criogenia – foto acima), nos EUA, para que com a evolução da Ciência, fosse possível descobrir a causa de sua doença.

  A mina da Votorantim próxima ao rio Camaquã e o atropelamento múltiplo de ciclistas: dois “riscos vermelhos” do RS estão no Atlas Global de Justiça Ambiental.

 Unesco certifica a decisão do STF de equiparar a união estável entre pessoas do mesmo sexo à entre casais heterossexuais como “patrimônio documental da humanidade

Futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos diz que homens e mulheres “não são iguais”

 Damares Alves (foto), anunciada como titular da pasta que será criada em janeiro, é advogada e pastora evangélica. Ela contou ter sofrido violência sexual aos 6 anos. É mãe adotiva de uma filha indígena.

 Um sutil puxão de orelhas dado pelo ministro Paulo de Tarso Sanseverino em dois advogados gaúchos.

 Políticos, esses grandes devedores da Fazenda Nacional...

 Férias pagas parcialmente antes do início do descanso motivam pagamento em dobro. Decisão é do TST.

Julgamento disciplinar de magistrados por suposto envolvimento em política partidária

  CNJ decide, no dia 11, os pedidos de providências contra o gaúcho Luiz Alberto de Vargas (TRT-RS) e outros nove magistrados.

  Vitória da situação advocatícia no RS consagrou uma frase: “A OAB não é partido político”.

  Supremos jeitinhos jurídicos para amenizar a corrupção: “É caixa 2”.

Moro prepara pacote de medidas de combate ao crime organizado

 Entre os pontos que serão analisados pelo Legislativo está a proibição da progressão de regime a presos que mantêm vínculos com organizações criminosas.

 Com o efeito cascata em todo o país, o aumento para o STF traz um impacto financeiro de 1 bilhão e 400 milhões de reais, ao ano.

 O supremo séquito e os balangandans: Toffoli levou seis assessores a encontro dos juízes federais em Buenos Aires.

A juíza federal Gabriela Hardt não toca flauta!

  Vídeo apresentando a magistrada federal da Lava Jato como música amadora é fake!

  Imagens e áudio – de boa qualidade - exibidos em grupos de WhatsApp confundem a magistrada com a flautista Gabriela Machado, do grupo Choronas, de Santos (SP).

  Socicredi não pode usar a marca Sicredi. Decisão é do TJRS.

 Atraso habitual de ônibus do empregador é computado como hora extra em favor de empregado.

  Caso grave de Mal de Parkinson: STJ condena Bradesco a fornecer home care, mesmo sem previsão no contrato.