Ir para o conteúdo principal

Edição de quinta-feira ,14 de novembro de 2019.

As buzinadas no motel



Charge de Gerson Kauer

Imagem da Matéria

Por Ronaldo Sindermann, advogado (OAB/RS nº 62.408)

O operador do Direito está traindo a mulher com uma garota em um motel. Toca o celular e, sem pensar, ele comete o erro de atender. Quem liga é sua esposa.

- Onde tu estás, que liguei para o teu gabinete e disseram que, depois da audiência, tinhas saído?...

- Estou no trânsito!

- Então buzina que eu quero ouvir.

- Querida estou na frente do complexo hospitalar da Santa Casa.

- E daí?...

- Aqui é proibido buzinar.

Entrementes, o homem vai descendo as escadas nu, rumo à garagem do apartamento, em direção ao seu veículo estacionado.

- Então, assim que passares a Santa Casa, Hospital São Francisco, Dom Vicente Scherer e o Santo Antonio, buzina que eu quero ouvir - diz a esposa, quase ordenando.

Já dentro do veículo estacionado na garagem, o adúltero torce a chave da ignição e responde aliviado:

- Querida, agora já posso buzinar, passei o Colégio Rosário e estou quase chegando à esquina da Barros Cassal.

E lasca o dedo na buzina: bip, bip,bip,bip,bip,bip... - e por aí se vai. Escuta, então, uma amorosa fala:

- Perdão, amor, por eu ter duvidado. Não precisavas ter buzinado tanto. Cuidado com os azuizinhos!

Até hoje nem a acompanhante - e muito menos os funcionários do motel - entenderam aquelas 10 ou 15 buzinadas.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

O juiz salvador

Uma piada da “rádio-corredor” da OAB nacional ironiza como, em algum lugar do universo, um magistrado teria salvo um notório político que estava se afogando numa praia deserta...

Charge de Gerson Kauer

Os direitos trabalhistas do anjo da guarda

 

Os direitos trabalhistas do anjo da guarda

O advogado tem, cedo na manhã de segunda-feira, uma consulta jurídica a atender. O cliente pretende o ingresso de uma ação trabalhista. O profissional da Advocacia escuta, anota e conclui que a solução está no atendimento por um psicólogo.

Charge de Gerson Kauer

Pesadelo jurisdicional

 

Pesadelo jurisdicional

Na madrugada, em meio a um sonho conturbado, a juíza é interpelada pela ´Jurisdição´ e admite: "a estagiariocracia é uma moderna técnica de gestão! Está dando tão certo que até estou conseguindo começar meus fins-de-semana nas quintas-feiras".