Ir para o conteúdo principal

Edição de quinta-feira ,14 de novembro de 2019.

TRE gaúcho mantém Luciana Genro fora do páreo



O Tribunal Regional Eleitoral do RS manteve o indeferimento da candidatura de Luciana Genro (PSol) ao cargo de vereadora de Porto Alegre.

A ex-deputada federal é alvo de uma ação do Ministério Público Eleitoral, que pede impugnação da candidatura por ser filha do governador do estado, Tarso Genro (PT).

Pela legislação eleitoral, parentes de até segundo grau de governador ou do presidente da República não podem disputar cargos públicos no território deles, salvo se estiverem tentando a reeleição.
 
Ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral.

A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Cassado o mandato do deputado gaúcho Luis Augusto Lara

Ele perde também a presidência da Assembleia Legislativa do RS. A cassação do mandato foi decidida por 4 x 3 votos. Ele estava sendo processado por favorecimento de uso da máquina pública em Bagé, na eleição de 2018.

Sem Senado, só OAB!

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, põe fim à indecisão: desiste de concorrer a senador. “Não tenho como deixar a Ordem neste grave momento nacional” – diz.