Ir para o conteúdo principal

Edição Extra, interrompendo, em 11.1.2020, as férias da Equipe Espaço Vital
https://www.espacovital.com.br/images/jus_azul_7.jpg

A torcida “maniqueia”! Ou “Maniqueus”, primeiro os meus!



Edição EV sobre charge CNBB Nordeste 3 - Google Imagens

Imagem da Matéria

As redes sociais estão em guerra. Fervilham. Grupos se auto intitulam “Os Verdadeiros Gremistas”. Os que criticam Renato são os “Não Verdadeiros”.

Há outros que dizem que os que criticam Renato ou o Grêmio torcem contra. São os “gremistas maniqueus” (para quem ler até o final, há uma nota explicativa).

E há gente que diz que os 4 x 1 contra o Santos foram um “acidente”... Assim como os 5 x 0 contra o Flamengo foram “um ponto fora da curva”...

Juca Kfoury fez, na Folha de S. Paulo, uma crítica a Renato e ao Grêmio, comparando os métodos e os discursos de duas eliminações da Libertadores. E mostra as similitudes. Flamengo em Porto Alegre na Libertadores. Jogo 1x1. No Rio, levamos 5 x 0. Contra o Santos, quase a mesma coisa. A diferença foi só uma: o placar na Vila.

Bom, se esses fatos não nos dizem nada, OK. Então não existem fatos. Só existem narrativas. Já eu acredito em fatos. Não sou niilista. Como alguns gremistas que se auto intitulam “os verdadeiros gremistas”.

Contra o Sport foi um desastre. E Kanemann expulso. De novo. Algo há nisso. E agora nos afastamos na tabela do Brasileirão que sempre desgostamos. Estamos dois pontos atrás do Inter.

A “feia do baile”, o Campeonato Brasileiro, pode até se tornar a bela dama da noite. Vai depender de como nos sairemos na Copa do Brasil.

Explico o óbvio: sim, a Copa do Brasil é a bala de prata.  Esperamos que joguemos com cojones. Mais ou menos como um dos meninos do Santos, que, ao jogar uma bola para a lateral, vibrou como se tivesse feito um gol. Isso tem nome: vontade!

Tenhamos vontade, pois! E lembremos que há três caminhos para dançarmos com a moça que julgamos a mais bela (a moça Libertadores, que já nos deu carão dois anos seguidos com a mesma chuva de gols): um, vencendo-a; dois, vencendo a Copa do Brasil (bala de prata); e, três, classificando em pontos corridos. O resto é autoexplicativo.

Jus Azul curtinho. Tenho lido cada coisa nas redes sociais... Dizer o quê? Criticar Renato ou o time virou “crime de lesa time”. E amar o Grêmio virou monopólio.

Aos parceiros que pensam como eu (por todos, cito RW, Léo Carrion e tantos outros) uma afirmativa clara: NÃO NOS CALARÃO!

Nota explicativa:

Maniqueus eram os cristãos que dividiam o mundo em bons e maus. Isso no século III. Não, não havia ainda torcidas e nem times de futebol!...


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor