Ir para o conteúdo principal

EV de férias! > Os 15 Romances Mais Lidos de 2019
https://www.espacovital.com.br/images/smj.jpg

Fernando Haddad e o PT condenados a indenizar a cantora Paula Toller



Metropoles.com

Imagem da Matéria

· O preço da pressa...

Sentença proferida na 1ª Vara Empresarial do Rio condenou o Partido dos Trabalhadores, o então candidato Fernando Haddad e o músico Leoni, fundador da banda Kid Abelha, a indenizarem a cantora Paula Toller (57 de idade) por um rolo político-musical.

É que, na campanha às eleições presidenciais de 2018, foram usadas – em favor de Haddad - imagens da vocalista e os versos de autoria dela, da música “Pintura Íntima”.

Um dos refrões utilizados indevidamente dizia assim: “Vem amor, que a hora é essa / Vem logo que eu tô com pressa”.

O PT e Haddad pagarão, cada um, R$ 100 mil. O músico Leoni (ex-namorado de Paula) desembolsará R$ 50 mil. Não há trânsito em julgado.

· ´¿Por qué no te callas?´ (1)

Neste dezembro se completam 12 anos desde que o rei Juan Carlos de Espanha, com a frase “¿Por qué no te callas?” Interpelou o presidente venezuelano Hugo Chávez durante a 17ª Conferência Ibero-Americana, realizada em Santiago do Chile.

O motivo desta forte declaração do rei espanhol foram as constantes interrupções de Chávez no discurso do primeiro-ministro espanhol José Luis Rodríguez Zapatero em defesa do ex-primeiro-ministro José María Aznar, que havia apoio o fracassado golpe de estado contra o presidente venezuelano em 2002.

· ´¿Por qué no te callas?´ (2)

Durante uma entrevista de quase duas horas, ao jornal O Estado de São Paulo, esta semana, o presidente do STF, José Dias Tóffoli, disse – entre outras coisas - que "a Lava Jato destruiu empresas, o que jamais aconteceria nos Estados Unidos, por exemplo".

No ponto específico, o ministro teria feito melhor, ao Brasil, se tivesse ficado calado. E após tal fala, o jornalista que fazia as perguntas teria acertado se tivesse questionado Tóffoli.

Acaso não foi a corrupção que quebrou as empresas? Afinal, quem criou e protegeu o ambiente em que se misturaram ineficiência, trambiques, parcerias políticas que enriqueceram alguns poderosos e quebraram o país?

A propósito dos 6x5, para pensar e responder. Criminosos iguais aos flagrados pela Lava-Jato brasileira, se tivessem sido pilhados nos EUA, estariam, agora, gozando das benesses do “fator STF”?

Imagina-se que não estariam por aí, mas seguramente presos em algum cárcere estadunidense.

· Richtofen às claras

O ministro Alexandre Moraes, do STF, cassou na quarta-feira (18) a decisão da Justiça de São Paulo que proibia a publicação de “Suzane von Richthofen – Crime e Punição”.

Ela foi condenada (39 anos e 6 meses) por planejar e auxiliar nos assassinatos do pai e da mãe. Agora, a editora Contexto prepara a impressão dos textos do jornalista Ulisses Campbell para o lançamento do livro no início de 2020.

Para o ministro Moraes, “a censura fere decisão do próprio STF, que já estabeleceu que não é necessário nenhum tipo de autorização para a publicação de biografias”. (RCL nº 38201).

· Mordida digital

Em entrevista de balanço do ano e anúncio de metas para 2020, o ministro da Economia, Paulo Guedes, preparou terreno para uma futura mordida digital governamental.

Ele quer criar um imposto sobre transações financeiras digitais – a volta do CPF com roupagem virtual.

Alegadamente será para “compensar descontos dados a empregadores sobre contribuições da folha de salários”. Todos pagaremos a conta.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Versos de José Augusto e Paulo Sérgio Valle – Arte de Camila Adamoli – Foto de Visual Hunt

Evidências em Brasília: o romance entre ministra de tribunal superior e ex-deputado

 

Evidências em Brasília: o romance entre ministra de tribunal superior e ex-deputado

•  Uma “rádio-corredor” chegou a repercutir versos contidos num cartão que acompanhou flores: “Eu tenho medo de te dar meu coração / E confessar que eu estou em tuas mãos / Mas não posso imaginar o que vai ser de mim / Se eu te perder um dia”.

•  Advogado é cassado por envolvimento com a corrupção. Mas foi no Rio de Janeiro...

•  A sorte de Eike Batista numa ação contra ele nos EUA. Juiz de Miami decidiu que a demanda só pode prosperar no Brasil.

Conselho Federal da OAB unido contra a PEC da Segunda Instância

 Na última sessão do ano, ontem (9) em Brasília, as lideranças articularam as primeiras estratégias para a “luta política e de argumentos”.

  Estilax Xavier, novo presidente do TCE-RS, alerta prefeitos: “Sanções por irregularidades não recairão apenas sobre o gestor principal".

  Um livro sobre João. Ele é “de Deus”, ou é “do diabo”?

  Movimento ´Vem Pra Rua´ faz conclamação: “Segunda Instância já! Férias em dobro nunca”.

Foto Getty Images

   Barulho na madrugada cria rota de choque de artista famosa com vizinhos endinheirados

 

Barulho na madrugada cria rota de choque de artista famosa com vizinhos endinheirados

  O Condomínio Mansões, no Rio, notifica a rica proprietária Larissa de Macedo Machado, 26 de idade, “para que tal fato não se repita, a fim de evitarmos multas e ações judiciais”.

 Quatro perguntas sobre o mercado jurídico brasileiro

  Revista Exame sai da Editora Abril e fica sob o comando do banqueiro André Esteves.

  Veja quem será o representante do Partido Podemos para debater e votar sobre a PEC da prisão em segunda instância.

  Há 25 deputados que mandam na Câmara Federal. Os outros só apertam os botões de votações...

Charge de Jota A / Portal O Dia

Compensação financeira para Dilma pela prisão e tortura sofridas durante a ditadura

 

Compensação financeira para Dilma pela prisão e tortura sofridas durante a ditadura

 Ela busca perante a Comissão de Anistia uma reparação de R$ 11 mil mensais.

 O lodo no Judiciário baiano: afastamento do presidente do tribunal e prisões são apenas o começo do “pepino apimentado”.

 Os dois momentos diferentes de Adriana Ancelmo.

 Ação do Diadema contra o Grêmio tem julgamento antecipado para amanhã: “reserva mental”.

 Porque os mais bem pagos executivos brasileiros estão desistindo do Natal em New York

Ilustração Felipe Franco Rodrigues

Está chegando a hora de o Grêmio se despedir de Renato

 

Está chegando a hora de o Grêmio se despedir de Renato

 Só o “chapabranquismo” gremista sustenta o favorecimento a Galhardo, Tardelli, André e Luciano – todos contas do treinador gremista.

 Aumenta a expectativa de vida para as crianças brasileiras nascidas em 2017 e 2018.

 As seguradoras se unem para tentar derrubar a medida provisória que acaba com o DPVAT.

 Hoje (29) lançamento de livro em homenagem ao professor Alexandre Wunderlich.

 Como os desembargadores do Trabalho reagiriram se a União começasse a atrasar seus salários?