Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre, sexta-feira, 18 de junho de 2021.
(Próxima edição: terça-feira, 22).

Ônibus, estádios e caixa 2



Imagem da Matéria

Por que os cidadãos que usam o transporte público são tratados como lixo, ou palhaços, nas grandes cidades brasileiras?

Talvez porque as empresas de ônibus, geradoras naturais de dinheiro em espécie e de caixa 2, estão entre as principais doadoras de campanha de muitos prefeitos e vereadores.

Como a política impõe um custo adicional ao transporte, o serviço público é péssimo.

E não melhora porque, nesse círculo vicioso, alguns políticos se tornam reféns dos empresários.

Outra pergunta: por que os estádios de futebol, no Brasil, são muito mais caros do que em outros países?

Porque as empreiteiras são as principais doadoras de campanha de diversos governadores e presidentes.

Assim, o custo que a política impõe à engenharia se converte em sobrepreço e corrupção endêmica.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Notícias Relacionadas