Íris Nogueira eleita a nova presidente do TJRS


A desembargadora Iris Helena Medeiros Nogueira foi eleita, nesta segunda-feira (6), a nova presidente do Tribunal de Justiça do RS, para o biênio 2022/2023. Ela teve 71 dos 136 votos possíveis. O resultado foi proclamado às 15h12min.

O outro candidato foi o desembargador Tasso Caubi Delabary, com 63 votos. Houve dois votos em branco. Ambas as chapas não se apresentaram como oposicionistas ao atual presidente Voltaire de Lima Moraes.

A eleição tem a singularidade de consagrar pela primeira vez uma mulher como mandatária da corte. Já aconteceram, em gestões anteriores, eleições de mulheres como vice-presidentes, assumindo a presidência eventualmente.

Outro detalhe festejável: Íris é a também a primeira pessoa negra a alcançar a presidência.

No Rio Grande do Sul, a história do Judiciário teve início no dia 3 de fevereiro de 1874. Nesse dia, foi instalado na Rua Duque de Caxias, 225, em Porto Alegre - um prédio alugado que hoje não existe mais -, o Tribunal da Relação de Porto Alegre, com jurisdição sobre as Províncias de São Pedro do Rio Grande do Sul e (temporariamente) Santa Catarina.

A corte, composta por sete desembargadores, teve como primeiro presidente o desembargador João Baptista Gonçalves Campos. 

Currículo e outros detalhes