Fui censurado...pela ruindade do time do GrĂªmio!


Como nos tempos da ditadura (havia muiiita censura à imprensa!) em que o Jornal Estado de São Paulo colocava receitas de bolo nas páginas censuradas, o Jus Azul de hoje se sente censurado pela mediocridade do time do Grêmio. Sim, falar o quê?

Não é possível que um time com uma das mais caras folhas de pagamento (e em dia) do futebol brasileiro faça jogos varzeanos (sem querer ofender a várzea, onde os times jogam para valer sem nada receber). Deu.

Em resposta, vai aqui uma receita de bolo de jabuticaba, fruta que só dá no Brasil. Não é por nada que o time do Grêmio está cheio de jabuticabas. Claro. Só no Grêmio para receberem esse salário e terem esse desempenho. Ah: e têm 3 jogadores (Paulo Victor, Vitor Ferraz e Everton Fake) que treinam em turno invertido: é o mais caro turno invertido que se tem notícia desde que um homem das cavernas fez o pior negócio da história, ao trocar um mamute por um cacho de banana nanica.

Pelo menos quando compramos jabuticabas na feira, antes, as tocamos para ver se não são podres. O Grêmio foi às compras e trouxe jabuticabas...bixadas. Muitas!

De todo modo, vai a receita:

•  3 ovos;

•  1 copo de jabuticabas inteiras, bem limpas e secas;

•  2 xícaras (chá) de açúcar refinado ou cristal;

•  2 colheres (sopa) de margarina ou meia xícara (chá) de óleo;

•  2 xícaras (chá) de farinha de trigo;

•  1 colher (sopa) de fermento Royal;

MODO DE PREPARO

1.  Bata bem as jabuticabas inteiras no liquidificador juntamente com o açúcar, o óleo, a margarina e os ovos;

2.  Coloque em uma vasilha a farinha e o fermento;

3.  Junte a mistura do liquidificador e misture até que fique uma massa homogênea;

4.  Unte e esfarinhe uma forma de furo no centro. Asse em forno preaquecido a 180°C.

5.  Faça uma calda e coloque por cima do bolo (opcional).

Pronto. Pelo menos seguindo essa receita sai um bom bolo. Como na ditadura, torço para a volta da normalidade no Grêmio. Torço para ver de novo um time que não jogue por uma bola, que não se acovarde, que não fique tocando a bola para os lados e para trás e que seja ofensivo – ora, na atualidade seu ataque apenas nos ofende.

Quanto custa cada gol tomado pelo Grêmio? E quanto custa cada gol que o time faz? É só pegar a folha de pagamentos e fazer um cálculo. Não sei fazer tais contas. Sei apenas de receitas de bolo...de jabuticaba. Fruta que só dá no Brasil. Na especificidade, só dá na Arena Tricolor.

Bom apetite.