Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira, 23 de outubro de 2020.

Vamos falar em decano - mas não do STF. E, sim, da advocacia gaúcha

Ana Paula Zardo / Divulgação

Imagem da Matéria

  • Formado em 1951 pela UFRGS, Adalberto Alexandre Snel, primeiro presidente da Subseção de Novo Hamburgo, segue trabalhando em home office.
  • Ordem gaúcha têm 18.246 inscritos na faixa etária a partir dos 60 de idade. Saudável pujança!
  • Quem se habilita à vaga de Napoleão Maia no STJ?
  • Cada vez mais gente interessada na política: 555.475 candidaturas nas eleições de 15 de novembro.
  • Políticos do PT vão, no dia 27, clamar  ao STF pela absolvição de Lula.

“Se o Conselho Federal da OAB fosse isento e independente”...

  • Opiniões sobre o artigo de Ricardo Breier com críticas a Felipe Santa Cruz.
  • O desejo dos agentes políticos é ficar em casa...
  • Marco Aurélio pisou feio na bola...
  • A Justiça Federal era um ramo diferenciado do Poder Judiciário. Mas...
  • O interesse na exclusão da advocacia.
  • Participação dos leitores Paulo Américo de Andrade, Maria Augusto Bueno da Rosa, Alex Jung, João Pedro Motta, Silvio Tadeu de Ávila, César Augusto Hülsendeger, Henrique Júdice Magalhães, Edison Oliveira e Silva, Dalton Lavor Moreira, Milton Fernando dos Santos, Flávio da Rosa, Francione Santos, Evandro Alberto Schuler e Gabriel Magno Rodrigues. Tolentino.