Ir para o conteúdo principal

Edição de TERÇA-feira, 13 de novembro de 2018.
http://www.espacovital.com.br/images/mab_123_11.jpg

“As membras e membros celebram o papel que o MPF...”



 ´Membras´ e ´membros´

A Associação Nacional dos Procuradores da República manifestou por escrito, esta semana, a defesa da igualdade de gênero, com rechaço às intolerâncias. Em certo trecho, o documento refere “as membras e os membros”. A palavra feminina é admitida pela Academia Brasileira de Letras.

Mas o professor Sérgio Duarte Nogueira (irmão do saudoso gaúcho Clóvis Duarte, apresentador de tevê, falecido em 19.7.2011), - que é mestre da língua de Camões e consultor de idioma da Rede Globo - explica que “a falta de uso de ´membra´ no dia a dia faz com que a palavra pareça inexistente – mas ela existe, tanto que aparece em alguns dicionários”.

´Membro´ é uma das chamadas palavras sobrecomuns, servindo para os dois gêneros, sendo desnecessário usar a forma que termina com ´a´.

O expert Nogueira opina que “o medo de parecer preconceituoso faz com que algumas pessoas se obriguem a usar palavras no feminino”.

Leia a íntegra da manifestação:As membras e membros celebram o papel que o Ministério Público Federal exerceu e exerce na defesa dos direitos da população LGBTI”.

 Alguém conhece algum DENTISTO ?

A propósito, obra da dama que estava preocupada em descobrir uma forma presidencial de estocar vento, existe no Brasil a Lei n° 12.605/2012, que “determina o emprego obrigatório da flexão de gênero para nomear profissão ou grau em diplomas”.

Segundo o art. 1° de tal norma, “as instituições de ensino públicas e privadas expedirão diplomas e certificados com a flexão de gênero correspondente ao sexo da pessoa diplomada, ao designar a profissão e o grau obtido”.

E mais: “As pessoas já diplomadas poderão requerer das instituições referidas no art. 1º a reemissão gratuita dos diplomas, com a devida correção, segundo regulamento do respectivo sistema de ensino”.

Temos e tivemos presidente (s) e chegamos a conviver com uma ´presidenta´. Mas desconhece-se caso de algum dentista que tenha virado... ´dentisto´...

  Elas + elas e... eles

O Diário Oficial da última terça-feira (6) trouxe mais uma leva de autorizações para dez novos cursos de Direito, gerando mais 1.360 vagas anuais. Somente neste 2018, o descalabro promovido pelo Ministério da Educação autorizou o funcionamento de 263 novos cursos, abrindo 36.383 vagas.

Números oficiais da OAB ontem (8) registraram 1.114.721 advogados/as inscritos nas 27 seccionais. Tal contingente nacional tem 543.867 mulheres e 570.854 homens.

No RS, elas são 40.694; eles, 41.229.

Mas um detalhe estatístico gaúcho revela o avanço das jovens advogadas. Na faixa etária até os 25 anos, ontem (8) elas ganham por 2.462 x 1.291. E o que impressiona mesmo é a faixa dos 26 a 40 anos: aí a supremacia do gênero feminino é de 20.267 x 14.858.

A “rádio-corredor” da OAB-RS só fala nisso.

  A 'Musa do Veneno'

Confirmado que a deputada Tereza Cristina (DEM-MT) será a ministra da Agricultura, a “rádio-corredor” da Câmara logo ressuscitou-lhe o apelido: “Musa do Veneno”.

Tal alcunha foi-lhe dada, este ano, pelos próprios colegas da bancada ruralista, quando Tereza era presidente da comissão criada para discutir o projeto de lei (nº 6.299) que flexibilizou o uso de agrotóxicos.

Engenheira-agrônoma, empresária e política, a futura ministra tem 64 de idade. Daí porque presume-se que o codinome “musa” seja – até mesmo por uma questão etária – um mero carinho político.


Envie seu Comentário

Comentário
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Espaço Vital.

Se for advogado(a) ou estagiário (a), informe qual a sua Seccional da OAB e o número de sua inscrição.




Mensagem (Máximo 500 caracteres)
Não devem ser usadas palavras inteiras em maiúsculas

Comentários

Vera Maria Vargas Ferreira - Advogada 09.11.18 | 11:46:26

Membras, membros, em consequência, cobras e cobros! Acredito haver saturado na maior parte da população essa exacerbação de gêneros: por Deus, que chegue um dia em que na pessoa caibam todas as tribos sem distinção pelas opções que assumiram, religiosas, sexuais. Na frenética busca de distinção, banalizam as reais diferenças como capacidade, vulnerabilidade, etc., que deveriam merecer maior atenção dos humanistas, sociólogos, antropólogos, juristas e outros militantes.

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Facebook e Twitter respondem ao TSE que Bolsonaro nada pagou para o incremento da campanha nas vias virtuais

  Leia a síntese das respostas que as duas empresas enviaram ontem (12) ao TSE.

  Saindo da pilha do TJRS: afinal ainda este mês, ou em dezembro, o julgamento da ação penal sobre o múltiplo atropelamento de ciclistas.

  “Erro de cadastramento” tinha chancelado a tramitação da apelação com segredo de justiça.

  A explicação sobre os “excelentíssimos cheques” para 23 magistrados e 16 pensionistas do STM.

Os tentáculos da poderosa confederação e seus efeitos em Porto Alegre

 Tal como em 2002, a eliminação do Grêmio numa pantomima de cartas marcadas.

 O trabalho de quatro advogados gaúchos e um uruguaio na legítima tentativa de reverter a interferência externa.

 A visão vermelha do presidente da FGF e sua aversão ao azul.

 As muitas contratações erradas do Grêmio e a estranha insistência com Bressan, Marcelo Oliveira e Douglas.

Oito dias épicos em Curitiba: Lula, os dois Odebrecht, Leo Pinheiro, Bumlai e o advogado Roberto Teixeira frente à frente com Sérgio Moro.

 Série de audiências da ação penal do caso do sítio de Atibaia será de 5 a 14 de novembro.

 Depois a sentença do caso começa a ser preparada – sem sabor de pizza.

 Saiba porque será difícil que Bolsonaro consiga extraditar Cesare Battisti.

  A última viagem presidencial de Michel Temer será a ... Marrocos!

  Duas mulheres na chapa de Ricardo Breier às eleições da OAB-RS.

A futura predominância das advogadas no Brasil

• Elas já são maioria em cinco seccionais: Rio de Janeiro, Bahia, Pará, Espírito Santo e Rondônia. A superioridade numérica feminina, na profissão, breve deve alcançar também o Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Goiás.

• Neste outubro, a população brasileira estimada é de 107.583.369 do sexo feminino e 100.911.531 do sexo masculino.

 Ana Amélia: ministra das Relações Exteriores, ou da Agricultura – se Bolsonaro vencer.

 Restrições nas visitas a Lula a partir da próxima segunda-feira.

Publicidade também dos processos judiciais criminais

 Promotor de justiça pede ao TJRS que implemente, com urgência, a pesquisa por nome nas ações penais.

 CNJ pede a desembargador do TRT-RS que explique manifestação política em favor de um dos candidatos à Presidência da República.

 Carnaval político: em 2019 no sambódromo carioca, uma homenagem a Lula ou a um bode do Ceará?

 Pela primeira vez na História, o Brasil melhora no ranking da corrupção da Transparência Internacional.