Ir para o conteúdo principal

Edição (antecipada) de quinta-feira, 11 de outubro de 2018.
http://www.espacovital.com.br/images/mab_123_11.jpg

“Auxílio-aparência”, versão 2018



Arte de Camila Adamoli sobre fotos Camera Press

Imagem da Matéria

 Dentes alvos e brilhantes para melhorar a agilidade jurisdicional...

O Conselho Nacional de Justiça abriu um pedido de providências para levantar informações – acredite se quiser!... - sobre a aquisição de kits de clareamento dentários para magistrados e servidores do Tribunal de Justiça da Bahia.

Segundo expediente documentado endereçado ao corregedor nacional,  a corte estadual estaria na iminência de gastar R$ 40 mil com a repetição de um procedimento estético, que vem sendo prestado desde 2009, inclusive com a compra anterior de um sofisticado equipamento de clareamento dental a laser (preço e nome do ordenador de despesas não revelados).

O presidente do tribunal baiano, desembargador Gesivaldo Britto, foi oficiado para suspender os atos relacionados ao processamento da aquisição dos kits. E no prazo de dez dias deverá fornecer resposta e documentos sobre a mencionada precedência de habitual fornecimento desse serviço – por conta do erário – para magistrados e servidores.

 No ano que vem, mais advogadas do que advogados

No Rio Grande do Sul, a advocacia feminina cresce mais do que a masculina. Embora ainda não seja superior, a vantagem numérica das mulheres - segundo estatísticos - será alcançada já no primeiro semestre de 2019.

Atualmente a OAB gaúcha registra 81.724 inscrições. Destas, 41.172 (50,38%) são masculinas; 40.552 (49,62%) são femininas. A diferença – que encolhe semanalmente – é de apenas 620. Os dados obtidos pelo Espaço Vital são de ontem (24).

Detalhes chamativos: no RS, a faixa etária de 26 a 40 anos, tem a maior quantidade de inscritos: são 35.123. Destes, 20.223 são mulheres e 14.900 são homens. E as estagiárias gaúchas já são maioria há cinco meses: 1.105 x 901.

No Brasil todo, porém, a expressão quantitativa do gênero masculino é bem maior: eles são 568.123; elas, 540.087. Mas as estagiárias já estão em vantagem nacional: 17.031 x 14.329.

 Espaço político feminino

Há duas semanas, o Conselho Federal da OAB decidiu, por maioria, que só nas eleições nacional e estaduais de 2021 (com posse em 2022) será obrigatório ter, no mínimo, 30% de cargos eletivos ocupados por mulheres. A decisão, que não considera os números acima expostos, está na contramão inclusive da legislação eleitoral geral que data de 2010.

Tal questão será transposta para o campo político nas eleições da Ordem gaúcha, na última semana de novembro. Tido como pré-candidato, o oposicionista Paulo Petri já anunciou um dos slogans do seu grupo: “Mulher não vota em quem veta”.

Seguramente candidato à reeleição, o atual presidente Ricardo Breier – solicitado pelo Espaço Vital - optou por não responder.

A propósito, sobre trabalho feminino e remuneração inferior das mulheres, recomenda-se a leitura, nesta edição, do artigo “A divisão sexual do trabalho e seus efeitos sobre as mulheres”. A doutora em desenvolvimento econômico e social Marilane de Oliveira Teixeira será palestrante desse tema no Congresso da Agetra, que se realiza quinta e sexta-feira próximas em Porto Alegre.

 

 A conferir

Brasileiros convictos no futuro do Brasil acreditam em uma frase escutada no discurso de posse de Dias Toffoli, ao assumir a presidência do Supremo.

Ele disse textualmente: “O desafio do Judiciário, no Século 21 é a segurança jurídica”.

Que assim seja!


Comentários

Rogério Brodbeck - Advogado 25.09.18 | 15:28:47

Uma pena que a Ordem tenha aderido a esse espúrio programa de cotas, deixando de lado a meritocracia, apenas para favorecer as mulheres. Quem não é competente que não se estabeleça, diz o velho adágio...

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Legitimidade da esposa para queixa-crime contra autor de postagem que sugere relação extraconjugal homossexual do marido dela

  Caso decidido pelo STF virou tititi em Brasília, pois envolve revelação feita por um senador sobre supostas relações homossexuais entre dois políticos.

  Decisão do STJ considera o proveito econômico para balizar os honorários de sucumbência.

  CNJ afasta juiz por “desvio de conduta”.

 Correção monetária para o ressarcimento de tributos só após o 360º dia.

Simulação de casamento: o caso do sobrinho (19 de idade) que formalmente casou com uma tia-avó (84 de idade) para, quando ela falecesse, embolsar uma pensão de R$ 6.584 mensais

 Advogada porto-alegrense será indenizada pela American Airlines, após furto do conteúdo de mala, em voo internacional.

 Emoções jurídicas: discussão sobre direitos autorais, em shows de Roberto Carlos durante cruzeiros marítimos.

 A cara Justiça brasileira: em 2017, gastou R$ 90,8 bilhões em 31 milhões de processos.

A impossível convocação de uma Assembleia Constituinte desejada por Haddad

 Em qualquer democracia que mereça o nome, a Constituição só pode ser alterada por emendas submetidas a dois turnos de votação na Câmara e no Senado e aprovada por quórum especial (60%) de três quintos.

 Nas cláusulas pétreas não se mexe. Elas estão no artigo 60 da Carta Magna.

 O futuro Presidente da República e os 3% que ele poderá dispor no orçamento.

 A arrecadação do Brasil, do ano que vem, foi estimada em R$ 3,26 trilhões. Do total, R$ 1 trilhão e 560 milhões serão usados para pagar juros, amortizações e refinanciamento da dívida.

A aritmética da oposição às eleições da OAB-RS: chapa com 71 homens e 71 mulheres

 A campanha que tem como um de seus motes “Mulher não vota em quem veta” está sendo cuidada pelo publicitário Alfredo Fedrizzi.

 Em busca da reeleição, Ricardo Breier terá uma mulher como companheira de chapa.

  Empresário Abílio Diniz, o 14º brasileiro mais rico, aproxima-se de Fernando Haddad.

  Henrique Meirelles já gastou R$ 45 milhões em sua campanha, mas tem apenas 2% das intenções de voto.

“No Supremo tem gabinete distribuindo senhas para soltar corruptos”

 Ministro Luís Roberto Barroso diz, em entrevista à Folha de S. Paulo, que “menos de 1% dos presos do sistema prisional brasileiro está lá por corrupção ou por crime de colarinho branco - tem alguma coisa errada nisso”.

• A sangria da Petrobras: só num acordo celebrado nos EUA, a estatal brasileira vai desembolsar US$ 2,95 bilhões: são seis vezes mais do que a operação Lava-Jato recuperou.

 A solução do pacote turístico embrulhado: multa por cancelamento não pode ser superior a 20%.

 Advogado invade gabinete do juiz, a quem coloca em nocaute.

Mais 24 anos e dois meses de poder para Toffoli

 Se não quiser, antes, se aposentar voluntariamente, o atual presidente do STF será ministro até 14 de novembro de 2042, véspera de seu 75º aniversário.

 O atual decano Celso de Mello pode chegar a 30 anos, um mês e 22 dias em atividade na Suprema Corte.

 Presidente do BNDES admite que “foi um erro o banco ter concedido empréstimos para exportações a países como Cuba e Venezuela”.

 Uma ação do Botafogo cobra, no Rio, R$ 50 milhões do ex-presidente Maurício Assumpção por má gestão.

 No RS não se fala mais na devassa das contas do ex-presidente do Inter.