Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira , 21 de setembro de 2018.
http://www.espacovital.com.br/images/jus_azul_foto2.jpg

Reação ao bullying praticado pela IVI!



Arte de Camila Adamoli sobre foto Divulgação GFBPA

Imagem da Matéria

Poderia falar do histerismo dos ivistas nas rádios, tevês e jornais, porque perderam o pudor: o superego não consegue mais policiar o IDI da IVI.

Poderia falar da empolgação de Pedro Ernesto – nunca antes vista com tanta monta (parecia que o Inter estava ganhando o mundial e o Grêmio caindo pelas tabelas).

Poderia falar da IVI da Ipiranga, que fez ´quiz show´ sobre o “Gre-Nal do Século”, mas ignorou o Gre-Nal do 5x0, o show do Gre-Nal dos três pênaltis surrupiados e os 80% da posse de bola do Grêmio.

Poderia falar sobre as falas do Justo Guerra, do Batista, do Cabo Daciolo da IVI (quem seria?)... mas vou falar sobre outros temas.

Primeiro, a torcida do Grêmio tem de reagir ao bullying praticado pela IVI – Imprensa Vermelha Isenta! Talvez por sermos maioria no Estado, devêssemos boicotar os produtos anunciados pelos membros da IVI.

Talvez assim sentissem que imprensa se faz de forma imparcial ou, e isso até eu aceito, de forma aberta assumindo o clube pelo qual torcem, como ocorre em outros Estados.

Segundo, já falando do Gre-Nal, parecia efetivamente uma crônica de derrota anunciada. Jogar com André e Bressan é entrar com 9 ou 9 jogadores e meio. A direção do Grêmio, nela incluído o Renato, deve fazer uma autocrítica, respondendo coisas como a insistência com André e porque não se contratou um zagueiro reserva. Já sabemos das deficiências de Bressan e Paulo Miranda de há muito.

Enquanto o Inter empilha jogadores, o Grêmio parece estar guardando dinheiro para comprar a Arena à vista.

Terceiro, deve o Grêmio responder por qual razão o Jean Pierre jogou apenas uma partida no Campeonato Brasileiro até o Gre-Nal. Ou deve assumir que Jean Pierre será emprestado para a Luverdense. Porque um craque como ele ou joga ou vai por empréstimo, como, por pouco, não foi o caso de Arthur, que já estava com um pé no Ceará.

Quarto, falar da tempestade perfeita que o Grêmio armou para que o Inter seja tetracampeão do Brasileirão. Jogou com reservas e perdeu para os times patuleus; jogou com os titulares e ganhou dos adversários diretos do Inter, ajudando-o sobremodo. Além disso, comportou-se com arrogância no Gre-Nal do zero a zero, fato que gerou, por outras vias, a grande fofoca e confusão no final do jogo de domingo.

Afinal, o que ocorreu naqueles dias? Também a torcida tem olhado com desdém para a possibilidade de o Inter ser campeão. A partir de domingo, com a derrota no Gre-Nal, parece que - como bem disse o Ricardo Wortmann, no blog Corneta do RW - a bolha estourou, mostrando que nosso torcedor estava vivendo em uma bolha de boas notícias, sem combinar com os russos.

Quinto, finalmente, este é o quadro: em 15 de agosto, gastamos uma bala de prata; em 9 de setembro, inflamos o adversário e gastamos a segunda bala (ou alguém acredita em possibilidade de título no Brasileirão?) e agora temos ainda uma bala. A pistola para atirar, no entanto, é manuseada por jogadores tipo André e Bressan... E tudo isso me dá pânico.

Bom, nunca estive na bolha. Embora torcedor (que etimologicamente sempre torce as coisas), sempre tive um pé na realidade. Aqui mesmo no Jus Azul escrevi sobre as consequências de o Inter ser campeão e o que a IVI fará. Se quando estavam na segundona a IVI já fazia festa a cada rodada – falando de vitorias “espetaculares” contra o Paissandu de virada – imaginem, os gremistas, o que farão os ivistas em dezembro, acaso aconteça o que estou temendo.

Fosse eu dirigente, sairia correndo para comprar um bom zagueiro e dar um jeito de pedir vicio redibitório sobre o André. Defeito no produto, devolução da mercadoria. Ou me digam quem é o empresário dele, porque eu preciso de alguém assim para vender minhas palestras e minhas causas advocatícias. O cara é fera!

Saudações anti-IVI!...


Comentários

Luiza Helena Malta Moll - Oab 13746 12.09.18 | 00:37:18

Lavei a alma lendo estes comentários bem fundamentados seja quanto à escandalosa IVI que ganha jabá do Inter, seja quanto à desestimulante gestão do Grêmio. Este, além de não contratar, vende jogador, entrega contra o que prometeu e expõe o time escalando mal.

Banner publicitário

Mais artigos do autor

A IVI é o PRAVDA gaúcho

“Parte da torcida do Grêmio foi sendo emprenhada de ouvido. O PRAVDA, veículo oficial do regime soviético, fazia o mesmo. Criava realidades. Se um atleta da URSS chegava em segundo, a manchete era: ´Corredor russo deixou 15 adversários para trás´. Mas não falava de quem ganhou, mormente se fosse norte-americano”.

Ruim é cantar em churrascaria e ninguém dar bola

“Bressan, reserva, foi quem mais jogou (15) no Brasileiro. Foi mais do que o conjunto de titulares do Grêmio, como Ramiro (12), Luan (13). Sei que o André entrou 15 vezes no gramado – mas, na verdade, não jogou nenhuma”.