Ir para o conteúdo principal

Edição de terça-feira, 21 de agosto de 2018.
http://www.espacovital.com.br/images/mab_123_13.jpg

Oposição define candidatos às eleições de novembro na OAB-RS



Felipe Carmona

Imagem da Matéria

 Oposição confirmada

Um jantar marcou, na semana passada, a formação de um grupo de advogados que vão inscrever chapa às eleições (última semana de novembro, no Gigantinho) da OAB-RS. Estavam reunidos aproximadamente 150 profissionais da advocacia. A articulação oposicionista está sendo feita pelos advogados Antonio Castro, Bernadete Kurtz, Jorge Buchabqui, Lauro Magnago, Pedro Luiz Osório, Pedro Ruas e Silvia Burmeister (nomes aqui, em mera ordem alfabética).

Ontem (30) o grupo definiu os candidatos à cabeça da chapa: serão os advogados Paulo Roberto Petri da Silva (colega de banca advocatícia do ex-governador Tarso Genro) e Luciane Toss. A primeira ofensiva oposicionista já foi anunciada: combater a “omissão da Ordem gaúcha que, para preservar interesses dos grandes escritórios, não se dispõe a discutir projeto de lei sobre o piso de contratação”.

O Espaço Vital pediu a manifestação do candidato da situação, Ricardo Breier. Ele respondeu prontamente: “Vou aguardar”.

 

  Brasil brasileiro

Na terça passada Temer voou mais uma vez – foi, então, ao México, e seus substitutos de tabela tiveram que patrioticamente fugir do país para não ficarem inelegíveis. O deputado Rodrigo Maia levou a família à Disneyworld. E o senador Eunício Oliveira foi fazer compras em Miami.

Ficou no Planalto a ministra Cármen Lúcia. Ela nunca recebeu um único voto em urnas eletrônicas ou convencionais. Mas, desde abril, já assumiu quatro vezes a cadeira presidencial.

Quase três dezenas de Estados e milhares de municípios afora, o contribuinte brasileiro é obrigado a bancar 5.570 vice-prefeitos e 27 vice-governadores.

Todos têm direito a nomear assessores, receber verbas indenizatórias e desfrutar de mordomias, a mais barata das quais é o uso de carros oficiais.

 

 Mais dez no Supremo?

Há um ponto crucial nas divergências entre Jair Bolsonaro e a advogada Janaína Paschoal fugazmente anunciada como a candidata à vice-presidência da República. Ela não aceita uma questão fechada pelo concorrente à Presidência. Ele quer que já a partir do segundo semestre de 2019 o Supremo passe a ter 21 ministros – e não mais os onze atuais.

Janaina se apega num ponto: nomeando dez novos ministros, daria para garantir que Bolsonaro teria o Supremo na mão.

 Outras duas nomeações

Com os mesmos onze ministros – descartada, a priori, o aumento da corte para 21 membros – ainda assim o futuro presidente da República seguramente fará dois ministros.

Celso de Mello – que completará 75 de idade em 1º de novembro de 2020 – será então alcançado pela compulsória e terá que se aposentar no máximo em 30 de outubro daquele ano.

E Marco Aurélio Mello tem situação semelhante: fará seu 75º aniversário em 12 de julho de 2021. Até a véspera – ou antes – se aposentará.


Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

O estudante que enfrentou Lewandowski

• Numa aula de TGE, na Faculdade de Direito da USP, um jovem de 19 anos lembrou ao ministro integrante da 2ª Turma (70 de idade) que ele “não está mais dando aula apenas para os filhos dos seus colegas juízes, mas também para o filho e a filha do porteiro e da empregada”.

 Entre os subsídios secos e vantagens indiretas, os ganhos de cada ministro do Supremo são de R$ 650 mil anuais.

• Supremo decide este mês caso paradigmático oriundo de Canela (RS): os pais têm direito a ensinar os filhos em casa?

 Conselho Federal da OAB decide, no dia 4 de setembro, a ampliação da política de cotas de gênero.

“Japonês da Federal” revela ter sido agente da ditadura nos anos 70

 Mas ele concluiu que o melhor é o período democrático. “Sou contra direita e esquerda” – diz.

 Recuperação judicial da Editora Abril. Passivo é de 1 bilhão e 600 milhões.

 Indenização para casal que comprou apartamento (“Residencial Liberdade”) no entorno da Arena do Grêmio.

Biotônico Fontoura para a presidente do STF melhorar o apetite

 Cármen Lúcia (que está pesando 40 quilos) avalia que há 13 milhões de desempregados indignados com a expectativa de aumento nos salários da magistratura e...os efeitos-cascata.

 Do que Dias Tóffoli não lembrou, ao explicar o mimo financeiro para os ministros...

 A estranha placa que apareceu no cemitério público de Santa Cruz do Sul.

 O colorado D´Alessandro vence o Município de Porto Alegre, em embargos do devedor contra executivo fiscal. (Leia a sentença).

A possibilidade da visita íntima de Adriana Ancelmo ao ex-governador Sérgio Cabral

 Onde, quando e com que duração seria(m) o(s) encontro(s)? Ele já tem condenações superiores a 100 anos. E ela está em prisão domiciliar concedida por Gilmar Mendes.

  TRT-RS invalida banco de horas da General Motors em Gravataí.

  Gaúcho Francisco Rossal de Araújo convocado para atuar como ministro do TST.

Gilmar Mendes devolve ao TJRS ação de desembargador gaúcho contra vereador porto-alegrense

 Ex-presidente da corte do RS busca indenização. Ministro do STF determina que o tribunal estadual selecione dois ou mais recursos representativos da controvérsia, para fins de afetação.

 Defesa de Lula desiste, no STF, do pedido de liberdade de Lula.

 Elogio e consideração às maravilhosas mulheres brasileiras.

 Nosso país envelhecendo: 531 dos 5.570 dos municípios brasileiros já têm mais moradores acima de 60 anos do que menores de 15 anos.