Ir para o conteúdo principal

Edição de terça-feira , 25 de setembro de 2018.

Potins desta terça-feira



O anel de R$ 800 mil

O anel de brilhantes que custou R$ 800 mil, que Fernando Cavendish, dono da empreiteira Delta, deu de “presente” a Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral, não foi exatamente um... presente!

Depondo ontem (4) ao juiz Marcelo Bretas, na 7ª Vara Federal do Rio, Cavendish admitiu que o anel foi a porta de entrada para que a empresa pudesse participar da concorrência para a reforma do Maracanã.

Detalhes do depoimento: “Estávamos viajando eu, minha mulher, o governador e a Adriana , que faria aniversário durante a viagem.  Estávamos próximos a Nice, numa pequena cidade à beira-mar e o Cabral me levou a uma pequena joalheria, dizendo que iria presentear Adriana e me disse: ´Gostaria que você pagasse´”.

O valor da nota fiscal foi... 220 mil euros!

Meses mais tarde, decidida a concorrência, a Odebrecht abocanhou 70% da obra e os restantes 30% ficaram com a Delta. Do total que esta recebeu, 5% foram repassados a Cabral como propina.

Mas Cavendish, vivo, descontou os 220 mil euros que havia pago pelo anel.

TJRS: 83 x 50

O atual 1º vice-presidente do TJRS, desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro, foi eleito ontem (4) o novo presidente do TJRS, para o biênio 2018-2020.  Também se elegeram a desembargadora Maria Isabel de Azevedo Souza (1ª vice) e os desembargadores Almir Porto da Rocha Filho (2º vice) e Túlio Martins (3º vice) e a desembargadora Denise Oliveira Cezar (corregedora-geral).

No pleito para a presidência, Duro recebeu 83 votos; a desembargadora Liselena Schifino Robles Ribeiro obteve 50.  Em branco foram dois votos.

A posse da nova administração será no dia 1º de fevereiro de 2018.

Ainda difícil

Segundo a Fundação Getúlio Vargas, a pobreza atingiu 10,3% da população brasileira em 2016. Em2015, eram 10%. Simultaneamente a renda do trabalho, por brasileiro, caiu 4,7% entre janeiro e dezembro de 2016.

Pena que esses números demorem tanto a ser tabulados e divulgados.

Senha significativa

No Rio de Janeiro, o tradicional Bar Lagoa, fundado em 1934 em Ipanema, ao disponibilizar aos seus clientes o uso do wi-fi , criou uma senha significativa.

Quem quiser acessar a internet tem que digitar “Fora Temer”.

A próxima sentença

A próxima sentença que o juiz Sérgio Moro vai proferir nas ações penais a que Lula responde em Curitiba será a relativa ao apartamento de São Bernardo do Campo (SP), vizinho àquele em que o ex-presidente reside. Segundo o MPF, o aluguel do imóvel foi sempre pago pela Odebrecht.

A fase atual do processo é a de realização de perícia grafodocumentoscópica para aferir a autenticidade, ou não, dos recibos assinados pelo proprietário Glaucos da Costa Marques.

Depois vem a fase de coleta de prova oral. A defesa de Lula arrolou 59 testemunhas!

O nível é este...

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro está pagando, por estes dias, “auxílio-moradia” (R$ 3.190), aos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertasi, que desde 16 de novembro estão residindo na Cadeia Pública de Benfica. Cada um deles também embolsará salário de R$ 25.322.

A Mesa Diretora está “amparada” ´por um parecer jurídico de que como os três “foram afastados pela Justiça e não se licenciaram dos cargos, têm direito ao pagamento decorrente do mandato outorgado pelo voto popular”.

A Casa também invoca um precedente do mesmo nível: é que o Tribunal de Contas do Estado do Rio agiu de igual forma, em relação aos cinco conselheiros suspeitos de envolvimento em esquema de corrupção, presos em 29 de março.

Claro, o Estado do Rio está quebrado com a roubalheira e corrupção – mas isto é outra coisa. O jeitinho imoral está acima de tudo.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Notícias curtas desta terça-feira

•  Judiciário brasileiro tem 80,1 milhões de processos em tramitação.

• Uma alfinetada de Roberto Barroso em Gilmar Mendes.

• José Dirceu, o czar do Brasil.

•  O Brasil que eu quero é... a Dinamarca!

•  A apreensão de vários milhares de telefones celulares da marca Alcatel.

Potins desta sexta-feira

•  “Autos processuais não localizados, apesar de muita procura”...

•  Liminar proíbe associação de direito médico de prestar atividades jurídicas.

•  Cliente de banco consegue anular cobrança de “tarifa de serviços administrativos”.

•  TST decide que é ilegal exigir depósito prévio para custeio de perícia.

•  Cancelada súmula do STJ sobre proibição de banco reter salário para adimplir mútuo comum.

•  Feriadão encaminhado no STJ para 14/18 de novembro.

Potins desta terça-feira

 Número de advogados brasileiros supera a marca de 1,1 milhão

 Ação trabalhista de doméstica contra o ex-patrão João Dória, ex-prefeito de São Paulo.

 Lula: presidenciável ou “presodenciável”?

• Eduardo Cunha quer pagar parte da multa de R$ 5,7 milhões com dinheiro que está sendo repatriado do exterior.

• Uma ação do Flamengo contra o colorado Paolo Guerrero.

 Amiga de Dilma será a advogada eleitoral de HenriqueMeirelles. É milagre político.

 “Mãe União” garante curso em Lisboa para dois advogados.

 Cármen Lúcia recusa sala vip nos aeroportos.

 O aperto de Preta Gil e o impasse na devolução de um apartamento que ela não consegue pagar.

Potins desta sexta-feira

· Ciro Gomes prega que juízes e promotores voltem às suas caixinhas. E quer a restauração da autoridade do poder político.

· A cara feia de Cármen Lúcia.

· E a cara sorridente de magistrados mineiros bafejados por altos salários.

· A engraçada comédia dos candidatos à Vice-Presidência da República.

· Uma benção na sede do TRF-2, para afastar assombrações noturnas.

· Indenizações do DPVAT vão ter indenizações aumentadas. Mas o custo do seguro também vai subir.

Potins desta sexta-feira

 Negado vínculo de emprego entre carregador de tacos de golfe e o Country Clube de Porto Alegre.

 Um homem e sua união estável com duas mulheres

TRF-4 mantém liminar que impede governo do RS de arquivar a extinção da Fundação Piratini.

 CF da OAB diz que o modelo da Agência Nacional de Saúde e outras reguladoras está falido.

 Auxílio-acidente depois do auxílio-doença.

 MPF vai pedir, em agosto que Adriana Ancelmo volte para a prisão.

Potins desta sexta-feira

•  Cartazete em escritório de advocacia gaúcho explica a cobrança de R$ 150 por consulta: “É da mesma forma como acontece quando o(a) distinto(a) cidadão(ã) vai a um médico particular”.

• Pensões distintas para filhos do mesmo pai. O STJ flexibiliza o princípio da igualdade absoluta de direitos.

•  Um precedente do TST que vai mexer no adicional noturno.

•  Restrições ao prazo em dobro quando houver litisconsórcio de réus.

•  Os apertos de julho... E o que nos espera em agosto?