Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 22 de Dezembro de 2017

Potins desta terça-feira



Hora de mudar paradigmas

“Há no Brasil uma imensa demanda por integridade, idealismo e patriotismo. Esta é a energia que muda paradigmas e empurra a história”.

O pensamento foi externado pelo ministro do STF Luís Roberto Barroso, ovacionado na quarta passada (1º), ao falar no 34º Encontro Nacional dos Procuradores da República, em Recife (PE).

Ontem (6) em Buenos Aires, o mesmo Barroso abriu a conferência da ONU sobre corrupção na América Latina. (Leia o tópico seguinte).

Nação de delinquentes

Em Buenos Aires, ontem (6) Barroso disse que “o Direito Penal brasileiro não entrega o que deveria: impedir a criminalidade”. Mais: o sistema legal-jurisdicional brasileiro “só serve para punir menino pobre com 100 gramas de maconha”.

Prosseguindo, o ministro do STF afirmou que “as normas do Brasil não são capazes de impedir os crimes do colarinho branco e alcançar pessoas que ganham mais de cinco salários mínimos por mês”.

No arremate, Barroso definiu o Brasil como “o país da corrupção passiva e ativa, do desvio de dinheiro, do peculato, da lavagem de dinheiro, da fraude a licitações – que criou uma nação de delinquentes”.

Especulação

O sucesso de Barroso talvez não esteja agradando aquele loquaz “padrinho de casamento”.

Aguardam-se desdobramentos.

Juízes ameaçados

Levantamento que está sendo feito no Conselho Nacional de Justiça pode culminar em resolução inédita e talvez polêmica: a transferência de “juízes em situação de risco em suas áreas de atuação, cidades, varas e comarcas” para outras cidades e estados.

Detalhe: eles não perderiam a titularidade e a vinculação nos processos que estão instruindo e julgando.

A novidade é turbinada ante as crescentes ameaças de criminosos a magistrados e seus familiares.

Conhecimento de causa

O juiz Sérgio Moro foi convidado pela diretoria da Petrobrás a palestrar, na estatal, sobre a operação que expôs o gigantesco esquema de corrupção que abalou o Brasil e surpreendeu o mundo.

Moro aceitou.

Falta apenas definir a data.

Quem sobe!

Em poucas semanas, Temer terá nomeado dois ministros para o TST. O mineiro Breno Medeiros terá posse na próxima quinta-feira (9). Com padrinho forte foi nomeado poucas semanas depois de entrar na disputa.

E a aposentadoria do ex-presidente João Oreste Dallazen já mobiliza muitos candidatos.

A vaga dele é para magistrados de tribunais regionais. Teoricamente são quase 300 homens de togas em condições de concorrer.

Das redes sociais

Não vou criticar o Paolo Guerreiro. Eu também já me dopei para ajudar o PERU”.

(A postagem é ilustrada por uma embalagem de viagra)


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Chargista Duke

Potins desta sexta-feira

 

Potins desta sexta-feira

 Confiram qual foi a “frase do ano” na Justiça brasileira!
 Advogados que enriqueceram defendendo réus da “Lava Jato” ajudam a forrar o cofre da Receita Federal: R$ 3,9 bi em 10 meses.
 GPS Judiciário: CNJ promete verificar em 2018 o que fazem os magistrados que se licenciam (com remuneração...) para cursos de especialização.
 Cresce o número de enteados nas famílias brasileiras.
 Ação de Silvio Santos contra o “Pânico” da Band fica para 2018.
 A ressaca financeira da Odebrecht.
• Um pedido a Papai Noel: que “aquele” ministro do STF se aposente!...

Potins desta terça-feira

• Luiza Brunet espera, logo após o recesso, pela sentença que poderá lhe dar metade dos bens que o bilionário Lírio Parisotto comprou ao longo dos cinco anos de relacionamento.
• Planos de saúde obrigados a custear - em hospitais ou clínicas especializadas - a internação de pacientes com obesidade mórbida.
• Intimação para “andamento vertical” do processo.
• Puxa-saquismo político: o que dar de presente ao deputado de sua confiança?
• Gastos com locação de veículos na Justiça Federal sobem 16.000%.
• Recado do TST para magistrados trabalhistas.
• Os 100 dias de prisão dos irmãos Batista.
• Sérgio Cabral: o anfitrião no presídio de Benfica.
• Data do julgamento de Lula coincide com o Dia do Aposentado.

Potins desta terça-feira

• O anel de R$ 800 mil que foi a porta de entrada para ganhar uma concorrência.
• Por 83 x 50 votos, Duro vence Liselena na eleição do TJRS.
• Lula arrola 59 testemunhas de defesa, em outra ação penal.
• Para acessar a internet, digite a senha: “Fora Temer”.
• Salários e auxílio-moradia garantidos para que deputados que estão presos no Rio.

Potins desta terça-feira

• Possibilidade de prorrogação do prazo de prisão para forçar pagamento de dívida alimentar.
• Senadores ampliam (40%) gastos com jatinhos.
• Papai Noel vai trazer liberdade para Nestor Cerveró, Fernando Baiano e Pedro Barusco.
• Investigação ética da ministra Luislinda Valois – aquela que acha que .R$ 33,7 mil é pouco “para comer, beber, vestir-se e maquiar-se”?
• As lentas ações contra conselheiros de Tribunais de Contas.
• STF julgará recurso de Wesley Batista: ele quer ser desvinculado das ações penais contra o mano Joesley.
• Ameaças de morte levam presidente da Oi a se demitir

Potins desta sexta-feira

• Seguradoras lançam seguro-garantia para recorrer na Justiça do Trabalho.
• A validade de arras de 53% na compra de imóvel.
• Número de milionários no Brasil aumentará 81% em cinco anos.
• “Black-Friday” brasileira de 2018 será no feriadão de 7 de setembro.

Potins desta terça-feira

• Acreditem: Temer foi a São Paulo para se tratar pelo SUS: ´SOMOS USUÁRIOS DO SÍRIO´”.
• Presidente agora vai malhar: manutenção preventiva de aparelhos de ginástica custará R$ 72 mil anuais.
• Novos apelidos nos bastidores da Lava Jato: “Ventania”, “Ovo”, “Luz”, “Bigode”, “Enteado”, “Tijolo”, “Corajoso” e “Bagre”.
• “É mais prazeroso torcer pelo Luís Roberto Barroso no STF, do que pelo Inter na Série B”.