Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira, 19 de outubro de 2018.

De olho nos alvarás expedidos pela Justiça estadual gaúcha



A Justiça estadual gaúcha vai repassar à Secretária da Receita Federal todas as informações sobre alvarás automatizados expedidos em nome das partes ou procuradores em ações condenatórias. O convênio foi assinado anteontem (18).

Pelo termo de cooperação assinado pelo presidente do TJRS, Luiz Felipe Silveira Difini, e o superintendente da 10ª Região da Receita Federal, Luiz Fernando Lorenzi, também serão disponibilizadas informações sobre os precatórios pagos pelo Estado, suas autarquias e fundações.

Com essas informações, a Receita verificará o tratamento tributário, conferindo os respectivos valores.

O convênio terá a validade de 60 meses e – segundo anunciado pela assessoria de imprensa do TJ gaúcho - “vai potencializar a eficiência da atividade da Receita Federal no Estado”.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Isenção de IPVA para mulher que teve câncer de mama

A 1ª Turma Recursal da Fazenda Pública do RS reforma sentença. Reconhecimento de que a Lei Estadual nº 14.381/2013 estendeu a isenção do tributo para as hipóteses de deficiência mental e outras, não mais restringindo o benefício aos casos de deficiência física.

Imposto de Renda incide também sobre o auxílio-alimentação

A Turma Regional de Uniformização dos JEFs da 4ª Região uniformizou o entendimento de que há a incidência do tributo sobre o auxílio-almoço pago em pecúnia a empregado celetista. E a “rádio-corredor” da OAB pergunta reticente: por que não igualar juízes e promotores?...