Ir para o conteúdo principal

Terça-Feira, 17 Outubro de 2017
http://www.espacovital.com.br/images/mab_123_12.jpg

Um estelionatário envolvente e... tentativa de golpe em banca advocatícia gaúcha



Arte de Camila Adamoli, sobre foto Camera Press

Imagem da Matéria

Cuidado com o golpe!

O relato abaixo, feito ao Espaço Vital, por destacado advogado de Novo Hamburgo (RS), serve como alerta para colegas gaúchos e, também Brasil afora:

Na quarta-feira da semana passada (6), ligaram ao meu escritório e pediram para falar com o setor financeiro, para tratar de um depósito, ante a celebração de um acordo. Mas tinha que ser em conta do Bradesco. Como não temos conta nesse banco, minha funcionária informou a minha conta pessoal, apesar de não conseguir identificar o processo em tela.

A pessoa ficou de enviar um e-mail com todas informações para a emissão da NF. O dia passou e nada mais; quinta foi feriado (7 de setembro), passou a sexta e nada. Na última segunda-feira (11) verifiquei um depósito de R$ 37.340,75 na minha conta.  Pouco depois, ligaram ao meu escritório explicando que o depósito fora feito por engano em nossa conta. Seria para outra banca advocatícia...

A voz envolvente informou o valor perfeitamente e pediu a devolução para determinada conta. Minha gerente pediu uma declaração sobre o engano e que nos fosse enviado por e-mail. Recebemos tudo prontamente, e começamos a buscar maiores informações. Isso demandou algum tempo.

Com a nossa “demora”, o tal depositante começou a ficar agressivo; voltou com novas ligações e fez ameaças; disse que nos processaria, que denunciaria à Receita Federal, etc. Verifiquei que a empresa da qual ele se dizia possui página na internet, mas, o e-mail dele recebido provinha do domínio Gmail. E os nomes das pessoas mencionadas na carta não foram localizadas em nenhuma rede social.

Também verifiquei que o WhatsApp do interlocutor não era acessado desde agosto. Como ele se dizia advogado, pesquisei no CNA: com o nome que ele nos passou, existem cinco advogados no Brasil todo, mas nenhum batia com a foto do WhatsApp dele.

Para completar, no fechamento do horário bancário identifiquei, na minha conta, um "Lançamento a débito Docto. 0100999" com o estorno automático de R$ 37.340,75. E se eu tivesse feito o deposito de devolução? Teria perdido uma boa quantia...

E pelo que verificaram na agência onde feito o depósito, ele foi em caixa automático, na sexta-feira (8), após o fechamento e seria concretizado na segunda-feira (11). Mas como o envelope estava vazio, o Bradesco não confirmou a operação, estornando-a.

Agora, o meu arremate. Tomem cuidado com este golpe! Os estelionatários se fazem extremamente convincentes e contam uma história totalmente plausível. Peço ao Espaço Vital que divulgue, para que todos fiquem atentos.

Em tempo: para minimizar evitar possíveis reações imprevisíveis, solicito que o meu nome não seja revelado”.

Deus ou diabo?

Compare como - em datas diferentes - para o ex-presidente Lula, dependendo das circunstâncias e de seus interesses, o ex-aliado Antonio Palocci é Deus, ou o diabo.

 “Palocci tem motivos para se orgulhar. Se hoje estamos vivendo uma boa situação econômica, todos sabemos que, um pouco disso, nós e o Brasil devemos a ele, pela seriedade com que conduziu o Ministério da Fazenda”. (28.03.2006, durante a posse de Guido Mantega).

O Palocci é uma das figuras mais inteligentes que este país tem. Poucas vezes vi uma pessoa ser tão respeitada pelo empresariado”. (25.04.2017).

Palocci é meu amigo, uma das maiores inteligências políticas do país. Ele está trancafiado, mas não tenho nenhuma preocupação com a delação dele”. (26.04.2017).

Eu conheço o Palocci bem. Se ele não fosse um ser humano, ele seria um simulador. Ele é tão esperto que é capaz de simular uma mentira mais verdadeira que a verdade. É médico, é calculista, é frio”. (13.9.2017, depondo ao juiz Sérgio Moro).

A única coisa de verdade que tem no depoimento do Palocci é ele dizer que está fazendo a delação porque ele quer os benefícios ou quem sabe queira um pouco do dinheiro que vocês bloquearam dele”. (Também em 13.9.2017).

Frase errada e frases certas

Nóis não vai ser preso”.
(De Wesley Batista, pilhado em gravação).

Dinheiro oculto e sem dono é – como os maus sentimentos – um sintoma de pestilência. Da peste que tortura mais do que a morte, porque o nosso formidável sistema legal tem o viés da impunidade - do privilégio, dos recursos e da prescrição”.
(Do antropólogo Roberto Damatta).

 
A desculpa do “Rouba, mas faz”...

A Central Única dos Trabalhadores – que, na prática, é a central sindical do PT – descobriu a curiosa causa do desemprego  brasileiro: a Lava-Jato. E foi às minúcias: cada preso da operação desempregou 22 mil pessoas.

A tese foi defendida por Roni Barbosa, secretário de comunicação da CUT, ao discursar em apoio a Lula, na quarta-feira (13), depois do depoimento do ex-presidente na Justiça Federal, em Curitiba (PR).

Quase simultaneamente, no Plenário do STF, o advogado Antônio Mariz - defensor de Michel Temer - sustentou que a Procuradoria-Geral da República “atrapalha o país”, ao formalizar denúncias de corrupção contra seu cliente, que fica “impedido de trabalhar”. Chegou a pedir: “Deixem o presidente em paz”.

Um incentivou Lula; o outro defendeu Temer. Mas “os parlantes Barbosa e Mariz, com palavras diferentes, sustentaram a mesma tese que é uma nova versão da clássica ´Rouba, Mas Faz´ ” – como propagou a inteligente “rádio-corredor” da OAB do Paraná.


Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

O voo “direto” Rio/Orlando que demorou 14 horas e meia

• Os imprevistos quase insuportáveis impostos aos passageiros da Latam, que fariam um voo sem escalas de 8 horas e 15 minutos.
• STJ julgará pela primeira vez se guarda de cão (disputado por ex-cônjuges) pode ser resolvida como “regulamentação de visitas”.
• Supremo decidirá se cigarros com sabor devem ser proibidos.
• Em 16 anos, aumenta oito vezes, no Brasil, o número de mulheres presas.

Um caos jurídico para os leigos

• Voto-desempate de Cármen Lúcia coloca o destino de Aécio Neves no colo do Senado.
• A presidente do STF amarelou.
• Uma nova proteção para que parlamentares continuem cometendo crimes.
• Decisão do STJ: repasse dos custos administrativos da instituição financeira com as ligações telefônicas dirigidas a consumidores inadimplentes não configura abuso.
• Pagamento de débito tributário, mesmo após o trânsito em julgado da sentença condenatória, é causa de extinção da punibilidade.

Inseparáveis, duas irmãs anunciam que vão compartilhar o mesmo marido

• A busca, no blog de Adel e Alina, 22 de idade, por um “marido estupidamente rico e de mente aberta”.
• Financeira condenada por abuso contra idosa analfabeta.
• A “amada amante” presa com 200 mil euros na calcinha.
• Bancos abrem nova frente de lerdeza, agora no STF, para tentar melar, Brasil afora, o pagamento de indenizações aos poupadores.

Como seria um ´smartphone´ de R$ 12,3 mil?

• Tribunal cancela pregão de R$ 758 mil para comprar 60 aparelhos telefônicos para desembargadores e assessores. Corte “agradece as críticas construtivas enviadas à instituição”.
• As 16 barras de ouro guardadas por Nuzman, na Suíça, superam os recordes olímpicos do nadador Michael Phelps.
• E uma demissão por justa causa por causa de...um iogurte (Sem ouro, nem prata).

Desembargadores conectados por meio dos celulares mais caros do mercado

• Novo penduricalho fará mimo para 52 magistrados e oito assessores do TJ de Pernambuco, a um custo de R$ 758 mil – pago pelo Estado, é claro...
• Ação penal que pretende levar Paulo Maluf à cadeia já tem 25 anos.
• Lava Jato já condenou 107 criminosos em Curitiba. No STF, nenhum.
• Viagens internacionais pagas pela Câmara Federal a 274 deputados. Tem até um encontro com diretores da Disney...