Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017
http://www.espacovital.com.br/images/mab_123_11.jpg

Um estelionatário envolvente e... tentativa de golpe em banca advocatícia gaúcha



Arte de Camila Adamoli, sobre foto Camera Press

Imagem da Matéria

Cuidado com o golpe!

O relato abaixo, feito ao Espaço Vital, por destacado advogado de Novo Hamburgo (RS), serve como alerta para colegas gaúchos e, também Brasil afora:

Na quarta-feira da semana passada (6), ligaram ao meu escritório e pediram para falar com o setor financeiro, para tratar de um depósito, ante a celebração de um acordo. Mas tinha que ser em conta do Bradesco. Como não temos conta nesse banco, minha funcionária informou a minha conta pessoal, apesar de não conseguir identificar o processo em tela.

A pessoa ficou de enviar um e-mail com todas informações para a emissão da NF. O dia passou e nada mais; quinta foi feriado (7 de setembro), passou a sexta e nada. Na última segunda-feira (11) verifiquei um depósito de R$ 37.340,75 na minha conta.  Pouco depois, ligaram ao meu escritório explicando que o depósito fora feito por engano em nossa conta. Seria para outra banca advocatícia...

A voz envolvente informou o valor perfeitamente e pediu a devolução para determinada conta. Minha gerente pediu uma declaração sobre o engano e que nos fosse enviado por e-mail. Recebemos tudo prontamente, e começamos a buscar maiores informações. Isso demandou algum tempo.

Com a nossa “demora”, o tal depositante começou a ficar agressivo; voltou com novas ligações e fez ameaças; disse que nos processaria, que denunciaria à Receita Federal, etc. Verifiquei que a empresa da qual ele se dizia possui página na internet, mas, o e-mail dele recebido provinha do domínio Gmail. E os nomes das pessoas mencionadas na carta não foram localizadas em nenhuma rede social.

Também verifiquei que o WhatsApp do interlocutor não era acessado desde agosto. Como ele se dizia advogado, pesquisei no CNA: com o nome que ele nos passou, existem cinco advogados no Brasil todo, mas nenhum batia com a foto do WhatsApp dele.

Para completar, no fechamento do horário bancário identifiquei, na minha conta, um "Lançamento a débito Docto. 0100999" com o estorno automático de R$ 37.340,75. E se eu tivesse feito o deposito de devolução? Teria perdido uma boa quantia...

E pelo que verificaram na agência onde feito o depósito, ele foi em caixa automático, na sexta-feira (8), após o fechamento e seria concretizado na segunda-feira (11). Mas como o envelope estava vazio, o Bradesco não confirmou a operação, estornando-a.

Agora, o meu arremate. Tomem cuidado com este golpe! Os estelionatários se fazem extremamente convincentes e contam uma história totalmente plausível. Peço ao Espaço Vital que divulgue, para que todos fiquem atentos.

Em tempo: para minimizar evitar possíveis reações imprevisíveis, solicito que o meu nome não seja revelado”.

Deus ou diabo?

Compare como - em datas diferentes - para o ex-presidente Lula, dependendo das circunstâncias e de seus interesses, o ex-aliado Antonio Palocci é Deus, ou o diabo.

 “Palocci tem motivos para se orgulhar. Se hoje estamos vivendo uma boa situação econômica, todos sabemos que, um pouco disso, nós e o Brasil devemos a ele, pela seriedade com que conduziu o Ministério da Fazenda”. (28.03.2006, durante a posse de Guido Mantega).

O Palocci é uma das figuras mais inteligentes que este país tem. Poucas vezes vi uma pessoa ser tão respeitada pelo empresariado”. (25.04.2017).

Palocci é meu amigo, uma das maiores inteligências políticas do país. Ele está trancafiado, mas não tenho nenhuma preocupação com a delação dele”. (26.04.2017).

Eu conheço o Palocci bem. Se ele não fosse um ser humano, ele seria um simulador. Ele é tão esperto que é capaz de simular uma mentira mais verdadeira que a verdade. É médico, é calculista, é frio”. (13.9.2017, depondo ao juiz Sérgio Moro).

A única coisa de verdade que tem no depoimento do Palocci é ele dizer que está fazendo a delação porque ele quer os benefícios ou quem sabe queira um pouco do dinheiro que vocês bloquearam dele”. (Também em 13.9.2017).

Frase errada e frases certas

Nóis não vai ser preso”.
(De Wesley Batista, pilhado em gravação).

Dinheiro oculto e sem dono é – como os maus sentimentos – um sintoma de pestilência. Da peste que tortura mais do que a morte, porque o nosso formidável sistema legal tem o viés da impunidade - do privilégio, dos recursos e da prescrição”.
(Do antropólogo Roberto Damatta).

 
A desculpa do “Rouba, mas faz”...

A Central Única dos Trabalhadores – que, na prática, é a central sindical do PT – descobriu a curiosa causa do desemprego  brasileiro: a Lava-Jato. E foi às minúcias: cada preso da operação desempregou 22 mil pessoas.

A tese foi defendida por Roni Barbosa, secretário de comunicação da CUT, ao discursar em apoio a Lula, na quarta-feira (13), depois do depoimento do ex-presidente na Justiça Federal, em Curitiba (PR).

Quase simultaneamente, no Plenário do STF, o advogado Antônio Mariz - defensor de Michel Temer - sustentou que a Procuradoria-Geral da República “atrapalha o país”, ao formalizar denúncias de corrupção contra seu cliente, que fica “impedido de trabalhar”. Chegou a pedir: “Deixem o presidente em paz”.

Um incentivou Lula; o outro defendeu Temer. Mas “os parlantes Barbosa e Mariz, com palavras diferentes, sustentaram a mesma tese que é uma nova versão da clássica ´Rouba, Mas Faz´ ” – como propagou a inteligente “rádio-corredor” da OAB do Paraná.


Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Brasileira estudante de Direito faz aborto na Colômbia

• O dilema da mãe de dois meninos – e com nova gestação avançando – enquanto a Justiça brasileira não decidia.
Rebeca Mendes Silva (foto) teve apoio da ONG Consórcio Latinoamericano contra o Aborto Inseguro.
• A próxima decisão do STF sobre a prisão, ou não, logo após a condenação de segunda instância.
• Sérgio Cabral: pastor de igreja, ou ladrão? Qual os leitores preferem?
• Procuram-se políticos honestos para uma festa do amigo secreto, em Brasília.

Natal generoso para várias dezenas de magistrados gaúchos

•TJRS está pagando novas “diferenças residuais da transição da URV”, cuja conta já custou ao Estado mais de R$ 1,4 bilhão.
• Decisão da Justiça de SC mantém o pagamento do imposto sindical.
• Universitários (as) e estagiários (as) cuidem-se! Entre eles, 12% nunca usam, nem exigem, a camisinha.
• Dois desembargadores do TRT-RS habilitados à vaga de ministro do TST.

Março ou abril: as datas em que Lula poderá ser condenado ou absolvido pelo TRF-4

• Voto pronto já saiu do gabinete de Gebran Neto e agora está, criptografado, no notebook de Leandro Paulsen.
• Lembram daquela história do “usufruto financeiro” de Eduardo Cunha? Vai custar a ele R$ 3,8 milhões de multa.
• O silêncio domina, dez meses e meio de depois da morte de Teori Zawascki.
• Mudança na jurisprudência da ação de cobrança de quotas condominiais.

Mais cuidados ao prestar fiança!

• Decisão do STJ estabelece que “fiadores de contrato de locação são solidariamente responsáveis pelos débitos locativos, ainda que não tenham anuído com o aditivo contratual que previa a prorrogação do contrato”.
• O castigo judicial contra advogado que ameaçou matar ex-namorada.
• Brasil: “pátria das tornozeleiras”.
• O dedo-duro do zagueiro da Ponte Preta...

Um grande lobby para tentar liberar os cigarros eletrônicos no Brasil

• A Souza Cruz tenta convencer a Anvisa e a opinião pública de que os E-cigarettes não causam mal à saúde. Mas...
• Agentes do propinoduto só esperam a chegada de Papai Noel para poderem sair por aí...
• Os US$ 59 milhões anuais que fizeram Luciano Huck desistir de concorrer à Presidência da República.