Ir para o conteúdo principal

Terça-Feira, 17 Outubro de 2017

Potins desta sexta-feira



• Mandato de dez anos no STF

Como o Espaço Vital havia antecipado, a comissão de reforma política fixou mandato de dez anos para ministros do STF, a partir dos futuros ingressos na corte.

Pelo projeto, o mesmo critério valerá para todos os tribunais superiores, tribunais estaduais e nos cinco TRFs. Segundo o relator, Vicente Cândido (PT-SP), “a medida fará com que o Judiciário tenha uma melhor oxigenação”.

As mudanças aprovadas ontem (10) tramitam em formato de PEC e só entrarão em vigor após aprovadas em dois turnos no plenário da Câmara, além de duas outras votações no Senado, antes da promulgação.

• Olho vivo!

A comissão de reforma política (acima) é a mesma que aprovou um fundo de R$ 3.600.000.000,00 para financiar os gastos partidários nas eleições.

Alegadamente acaba o caixa dois e surge a caixa forte, sem riscos, paga por todos os mortais brasileiros.

•  Rale-se o povo!

Sem pagar integralmente os salários dos servidores há três meses – e com o Estado quebrado – o governo do Estado carioca lançou edital para alugar, por um ano, serviço de jatinho para o governador Pezão (PMDB-RJ), ao custo de até R$ 2.510.000.

A “justificativa” é que Pezão precisa de “flexibilidade de horários de voos”.

Safado!

•  Professora x doutoranda

O caso da doutoranda Andreia Silva de Souto que, em novembro de 2012, acusou de racismo sua orientadora Suzana Borschiver, da Universidade do Rio de Janeiro, em doutorado de Química, teve esta semana – quase cinco anos depois – sentença de primeiro grau.

A ação começou em agosto de 2013. Na 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio, o julgado condenou a doutora a pagar R$ 15 mil de reparação moral à professora, porque aquela não provou a acusação. Cabe recurso de apelação. (Proc. nº 0023568-44.2013.8.19.0009).

• Aí tinha...

O Condomínio Edifício de Paoli, notório endereço de gente bem sucedida, no Centro do Rio de Janeiro, entrou com ação contra...Eduardo Cosentino da Cunha. O ex-deputado (PMDB-RJ) e agora presidiário mantem ali – agora fechado – seu outrora famoso bunker.

A ação busca R$ 27 mil de quotas condominiais inadimplidas.

E se o escritório falasse? (Proc. nº 0197944-12.2017.8).

•  Governo cego

Michel Temer, o presidente mais impopular da História do Brasil, protagonizou esta semana mais uma trapalhada, ao confirmar – e desmentir horas depois – os estudos para aumentar o Imposto de Renda.

Mesmo com o crescente rombo nas contas, o presidente não lidera uma proposta de corte radical, nos gastos de pessoal, nem de privilégios, mamatas e mordomias no setor público. Bem que a “turma de casa” poderia dizer a Michel que há um choque entre a sociedade e o Estado.

• Troféu “Quentinhas na Mesa”

O Conselho de Ética do Senado arquivou, esta semana, por 12 x 2 votos (e uma abstenção) a reclamação contra as senadoras que ocuparam, por meia dúzia de horas, com direito a almoço, a Mesa Diretora da casa durante a votação trabalhista.

Gleisi Hoffmann (PT-PR), Fátima Bezerra (PT-RN), Regina Sousa (PT-PI), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Lídice da Mata (PSB-BA) e Ângela Portela (PDT-RR) devem estar orgulhosas, de peitos empinados.

Segundo a “rádio-corredor” da OAB de Brasília, elas merecem o troféu “Quentinhas na Mesa”.

• De-gra-da-ção

Deputados, senadores, governadores e vereadores, diante da degradação política e da crise financeira, têm feito – Brasil afora - uma pergunta simples a amigos e familiares: “Se você disputasse uma eleição em 2018, o que diria aos eleitores”?

Muita gente tem respondido com uma pergunta: “Por que você não abandona a política?”...


Comentários

Sérgio Tajes Gomes - Advogado 14.08.17 | 17:35:53
Professora x doutoranda. Morosidade ou agilidade do Judiciário é impressionante. Eu mesmo tenho uma ação que já foi objeto de publicação do EV quando estava para fazer 19 anos, e em 13/05/2017 completou 21 anos . Por outro lado, incrível, mas uma outra ação também de seguros aqui em SC ajuizada em 04/10/2016 foi julgada em 03/07/2017, ou seja, exatamente ao completar 09 meses (um período de gestação). E transitou em julgado em 27/07/2017. Deu para entender? Basta trabalhar que a coisa funciona.
Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta sexta-feira

• TJRS proíbe saite de disponibilizar informações sobre ações na JT de um trabalhador.
• Turma Nacional de Uniformização cancela a Súmula nº 51.
• Empregador não pode utilizar a gorjeta recebida de clientes para compor o salário mínimo dos garçons.

 

Potins desta sexta-feira

• Hospitais privados não poderão manter salas de espera diferenciadas para pacientes do SUS e dos convênios particulares.
• Julgamentos pelo STJ de dois casos envolvendo medicamentos.
• A “sentença” Netflix: Aécio mais tempo em casa para ver novos e velhos filmes.
• Um “embrulho pornográfico”: Claro Tv condenada por cobrar erradamente de consumidora.

Potins desta terça-feira

• Deu nas redes sociais: “Para o Grêmio ganhar a Libertadores, só com liminar do Gilmar Mendes”...

• Eduardo Cunha tenta anular a delação de Lúcio Funaro.

• Negados habeas corpus aos irmãos Batista.

• Valéria Monteiro, ex-apresentadora da Globo, quer concorrer à Presidência da República.

• Lula diz que a denúncia do MPF é "a excrescência da excrescência da excrescência".

Potins desta sexta-feira

Descoberta jurídica: corrupção privada não é crime no Brasil...

O corinthiano Jô é o segundo mais honesto do país...

110% de certeza em propina entregue por Eduardo Cunha a Temer”.

Sérgio Moro consegue ir a estádio de futebol em dia de jogo.

Gilmar Mendes alfineta Rodrigo Janot: “Ele deveria pedir sua própria prisão preventiva”.

Conar libera comercial do “homão da p”.

Potins desta terça-feira

TJRS revoga liminar que suspendera concurso para juiz.

 Lula perde um de seus advogados.

 STJ rejeita denúncia contra desembargador do Trabalho.

 A ordem é “juízes nas comarcas, de segunda a sexta”.

 Presidente do PMDB diz que Geddel é “mero filiado do partido”.

• Aposta da semana passada entre congressistas: quanto dinheiro haveria no “bunker” de Geddel? Ninguém acertou!

Arte de Camila Adamoli – Imagem de fundo apenas ilustrativa

Potins desta terça-feira

 

Potins desta terça-feira

•  Um engano de percepção (“VIA DO”) faz advogado ser alvo de zoeira forense.

OAB e Defensoria decidem reclamar diretamente ao CNJ contra desembargador gaúcho

•  Prazos para Ministério Público e Defensoria contam a partir do recebimento dos autos.

•  O DEM vai se chamar de Centro; faz de conta que é um partido novo...

•  Se a Câmara pode fazer um fundo eleitoral de R$ 3,6 bilhões, pode criar também um fundo de segurança pública de outros R$ 3,6 bilhões.

•  Contador condenado por usar logotipo da Receita Federal em fachada de escritório.

•  Aviso prévio deixa de integrar a base de cálculo das contribuições previdenciárias.

Morre o desembargador aposentado Álvaro Eduardo Junqueira.