Ir para o conteúdo principal

Terça-Feira, 19 setembro de 2017
http://www.espacovital.com.br/images/mab_123_12.jpg

Lula: o “chefe da quadrilha”, ou “o cara”?...



 Frases e visões

 A condenação de Lula significa o fortalecimento do combate à corrupção e impunidade” (Efraim Filho, líder do DEM na Câmara).

 Forçar a inelegibilidade do presidente Lula, sem provas consistentes, não é algo compatível com a Constituição e com as leis”. (Flávio Dino, ex-juiz de Direito, governador do Maranhão pelo PCdoB).

 O maior cara de pau do Brasil foi condenado a 9 anos e meio de prisão.” (João Dória, prefeito de São Paulo, do PSDB).

 Conheço o Lula, mais do que ninguém. Ele não fez nada, nem crime nenhum. Tenho autoridade para dizer isto porque não sou do PT”. (Paulo Maluf, deputado federal do PP-SP).

 O chefe da quadrilha foi condenado!” (Ronaldo Caiado, líder do DEM no Senado).

 Ao irmão Lula da Silva, nosso apoio, frente a essa caça às bruxas”. (Evo Morales, presidente da Bolívia).

 Rádio-corredor

  Locutor 1 – “Quinze anos após chegar à Presidência pelo voto dos mais pobres, Lula é condenado por se corromper pelo dinheiro dos ricos”.

  Locutor 2 – “Dá pena!” (Da “rádio-corredor” da OAB-RS, ontem às 11h da manhã.

 

 "Rádio-corredor" também

 “Dependendo de quem for o próximo presidente, não haverá passagem de faixa presidencial; será de tornozeleira eletrônica”. (Da “rádio-corredor da OAB-DF, ontem às 15h").

 Já! O “cara

Esta é do baú. O segundo mandato de Lula (2007/2010) foi sua era de ouro. Ali, com crescimento do país em 4% ao ano, 2009 teve o auge da popularidade dele.

Era o terceiro ano do seu segundo mandato, quando três frases causaram furor e respeito internacionais, ainda mais ditas por quem as pronunciou: “Este é o cara! Eu adoro esse cara. É o político mais popular da Terra” – disse Barack Obama, em 2 de abril de 2009, numa reunião do G-20, em Londres.

Um tradutor explica, então, ao ouvido de Lula o teor dos elogios.

Em seguida, o presidente brasileiro literalmente puxa Obama para uma rodinha.

Depois desses avassaladores afagos, nunca mais os dois se encontraram.

O leitor quer rever o diálogo entre os dois, com legendas em português? Clique aqui.


Comentários

Jairo João Bocasanta - Contabilista 17.07.17 | 11:20:59
Não acredito na inocência do Lula, as provas contra ele são robustas. Há mais crimes cometidos por ele.
Banner publicitário

Mais artigos do autor

Assédio moral de jogadores do Inter contra historiadora do clube

Ela trabalhava no museu colorado e cansou de ser chamada de “gostosa”, “cheirosa” e “linda”.

Chumbo grosso contra Lula e Aécio na delação da OAS.

•  Filme sobre Roberto Carlos: o rei na vida real.

Brasil ocupa duas entre dez posições dos maiores assaltos do mundo.

A insólita reação durante cruzeiro marítimo

• Homem joga ao mar a mala e os pertences da moça que ele conhecera durante viagem de navio pelo litoral brasileiro.

• Dinheiro encontrado na “caverna baiana de Ali Baba”, renderia R$ 480 mil mensais se tivesse sido depositado na poupança.

• Lula, Dilma e o PT receberam R$ 300 milhões da Odebrecht. E Geddel ganhou R$ 51 milhões de alguém. Um trabalhador brasileiro honesto (salário de R$ 4 mil mensais) levaria 8.775 anos para a proeza de – sem gastar nada – juntar esse dinheiro.

Preparem-se! O Brasil poderá ter até 103 partidos políticos

  Entre outros, vêm aí Partido da Raiz, Partido Militar Brasileiro, Partido das Favelas, Partido do Esporte, Partido Indígena e o pitoresco Partido Nacional Corinthiano.

• Escapamos de ter Eduardo Cunha como o próximo Presidente da República.

• Perda de objeto na suspeição de Rodrigo Janot.

As mulheres já são maioria nos cursos de Direito.

Exame invasivo proibido

• Exame de “Papanicolau” proibido para candidatas aprovadas em concursos

 TRF-3 confirma sentença de procedência de ação civil movida contra o INSS: “violação do princípio da isonomia, da razoabilidade e da dignidade da mulher”.

• Crise no STF? Gilmar Mendes está a 10.022 km de distância de Brasília.

 Funcionalismo estadual do RS recebeu, por conta dos salários de agosto, menos de 8% do que – a título de “auxílio-moradia” – é entregue (R$ 4.377) a juízes, promotores e conselheiros do Tribunal de Contas.

Mulher que mata marido não perde direito à comunhão de bens

• Desdobramento, no Direito de Sucessões, de homicídio ocorrido no interior do RS, onde o cônjuge homem foi morto a machadadas enquanto dormia.

• Voz das ruas: “Precisamos de mais Moros e Bretas e menos Toffolis e Gilmars” (sic).

• Sarney, Collor, FHC, Lula e Dilma custaram R$ 2,3 milhões ao País, no 1º semestre de 2017.

 Quando os notórios se lançam de roupa na piscina para comemorar a vitória que se aproxima...