Ir para o conteúdo principal

Edição de Sexta-feira, 20 de abril de 2018.
http://www.espacovital.com.br/images/mab_123_13.jpg

Lula: o “chefe da quadrilha”, ou “o cara”?...



 Frases e visões

 A condenação de Lula significa o fortalecimento do combate à corrupção e impunidade” (Efraim Filho, líder do DEM na Câmara).

 Forçar a inelegibilidade do presidente Lula, sem provas consistentes, não é algo compatível com a Constituição e com as leis”. (Flávio Dino, ex-juiz de Direito, governador do Maranhão pelo PCdoB).

 O maior cara de pau do Brasil foi condenado a 9 anos e meio de prisão.” (João Dória, prefeito de São Paulo, do PSDB).

 Conheço o Lula, mais do que ninguém. Ele não fez nada, nem crime nenhum. Tenho autoridade para dizer isto porque não sou do PT”. (Paulo Maluf, deputado federal do PP-SP).

 O chefe da quadrilha foi condenado!” (Ronaldo Caiado, líder do DEM no Senado).

 Ao irmão Lula da Silva, nosso apoio, frente a essa caça às bruxas”. (Evo Morales, presidente da Bolívia).

 Rádio-corredor

  Locutor 1 – “Quinze anos após chegar à Presidência pelo voto dos mais pobres, Lula é condenado por se corromper pelo dinheiro dos ricos”.

  Locutor 2 – “Dá pena!” (Da “rádio-corredor” da OAB-RS, ontem às 11h da manhã.

 

 "Rádio-corredor" também

 “Dependendo de quem for o próximo presidente, não haverá passagem de faixa presidencial; será de tornozeleira eletrônica”. (Da “rádio-corredor da OAB-DF, ontem às 15h").

 Já! O “cara

Esta é do baú. O segundo mandato de Lula (2007/2010) foi sua era de ouro. Ali, com crescimento do país em 4% ao ano, 2009 teve o auge da popularidade dele.

Era o terceiro ano do seu segundo mandato, quando três frases causaram furor e respeito internacionais, ainda mais ditas por quem as pronunciou: “Este é o cara! Eu adoro esse cara. É o político mais popular da Terra” – disse Barack Obama, em 2 de abril de 2009, numa reunião do G-20, em Londres.

Um tradutor explica, então, ao ouvido de Lula o teor dos elogios.

Em seguida, o presidente brasileiro literalmente puxa Obama para uma rodinha.

Depois desses avassaladores afagos, nunca mais os dois se encontraram.

O leitor quer rever o diálogo entre os dois, com legendas em português? Clique aqui.


Comentários

Jairo João Bocasanta - Contabilista 17.07.17 | 11:20:59
Não acredito na inocência do Lula, as provas contra ele são robustas. Há mais crimes cometidos por ele.
Banner publicitário

Mais artigos do autor

Administradora de condomínios condenada por cobrar juros abusivos

 Condomínio do Edifício Érico Veríssimo receberá, de volta, os valores que lhe foram cobrados a mais. Repetição do indébito envolve rubricas indevidas de COFINS/CSLL/PIS/IR/ISS sobre os serviços auxiliares de administração.

 Uma tentativa de fraude bancária, via WhatsApp alcança colegas do advogado Lenio Streck.

• O cacoete de honorários advocatícios sucumbenciais no percentual mínimo.

 Novas banheiras de hidromassagem para Suas Excelências, os senhores deputados federais.

Espaço especial para a mala do juiz...

•  O que aconteceu quarta, às 10h55, no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, pouco antes da decolagem do voo nº 4156.

•  Porto Alegre é demais: o império dos flanelinhas, nas laterais do Palácio da Justiça.

•  Senador Lasier Martins protocola projeto de lei que autoriza a prisão após a condenação em segunda instância.

• Mais de 44 mil mortos no trânsito brasileiro em 2017

Depois da bagunça de Lula, como seria a prisão de Aécio?

• Tem gente apostando que o julgamento do senador do PSDB, no Supremo, será no dia 1º de abril...

• Como o jornalista gaúcho Fernando Albrecht se recupera da cirurgia de câncer no reto.

• Publicada a norma que estabelece o Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.

• Advogado de Lula fica distante de Curitiba na primeira semana de prisão.

Folgas no Supremo são de 88 dias por ano – além dos fins-de-semana

• O acúmulo das pausas dos ministros – incluindo o feriado (!) pela passagem do Dia do Advogado – resulta, afinal, em 196 dias úteis de trabalho anual.

• Em 2017, além das férias regulamentares, 10 ministros protagonizaram 136 faltas justificadas e/ou saídas antecipadas e/ou chegadas com atraso. Rosa Weber, a única que não faltou a qualquer sessão no ano passado.

• Mais um penduricalho chegando: um terço do salário básico para a realização de audiências de custódia.