Ir para o conteúdo principal

Sexta-feira, 03 de Julho de 2015

Morre o mais famoso colecionador de calcinhas



O cantor Wando, 66 anos, morreu na manhã de ontem (8), vítima de parada cardiorrespiratória no Biocor Instituto, em Nova Lima (MG). Ele estava internado desde o dia 27 de janeiro com problema cardíaco. Foi submetido a duas cirurgias e chegou a ter um infarto agudo.

Wando vinha apresentando melhora em seu quadro de saúde e chegou a divulgar um bilhete, apresentado no Fantástico, da TV Globo, no último domingo, onde estava escrito "Eu estou na oficina de Deus arrumando a turbina. Me aguardem!".

Wanderley Alves dos Reis, o Wando, nasceu na Zona da Mata de Minas Gerais, mas passou a infância em Juiz de Fora. Ele iniciou a carreira em 1969 e, em 1973 gravou seu primeiro álbum, "Glória a Deus no céu, e samba da terra".

Seu maior sucesso, "Fogo e Paixão", só surgiu em 1988, no álbum "O Mundo Romântico de Wando".
 
O artista era também conhecido por colecionar calcinhas que as fãs jogavam no palco, durante os shows.
 
Os riscos de ser sedentário
 
Durante coletiva realizada na manhã de ontem (8), os médicos do Biocor Hospital, em Nova Lima (MG) entre eles o Dr. Joel Teles - que cuidava pessoalmente do artista, durante período de internação - comentaram e explicaram as causas da morte.
 
"Wando foi vítima da doença aperosclerótica, entupimento das artérias por gordura. Quatro fatores culminaram nisso: sedentarismo, genética, excesso de peso - Wando estava com 110 kg, bem acima do peso recomendado - e estilo de vida, falta de exercícios físicos, dieta irregular", disse Joel.
 
O médico ainda explicou que foram feitas manobras de ressuscitação, mas que ambos os procedimentos não surtiram efeito.
 
Wando passou mal às 5h40, com queda de pressão sanguínea. Foi tratado com medicamentos que fazem a pressão subir e foram ajustados os parâmentros do equipamento, que faz ventilação mecânica para fazê-lo respirar.

"Houve a piora cardíaca súbita, que culminou com a parada cardíaca às 6h40. Apesar de todos os esforços ele não respondeu e veio a falecer às 8h", detalhou Heberth Mioto, chefe de cardiologia do Biocor.

Wando deu entrada no Biocor Hospital no dia 27 de janeiro, quando foram feitos exames que constataram o entupimento de 3 artérias. Ele seria submetido a uma cirurgia de ponte de safena, mas sofreu um infarte já no dia 28. "Quadros semelhantes ao de Wando chegam a 80% de risco de morte", finalizou.
 
A história da coleção de calcinhas, contada pelo próprio Wando
"Essa história é um negócio assim bacana, se você perceber, quando você vira uma calcinha ao contrário né, ou seja, a calcinha de cabeça pra baixo ela vira uma tenda né e o nome do disco que eu estava gravando era ´Tenda dos Prazeres´.
 
Aí eu coloquei no disco o nome de ´Tenda dos Prazeres´ e uma calcinha na capa do disco, e essa coisa fez tanto sucesso que até hoje eu não consigo tirar dos shows.
 
Eu distribuo calcinhas e recebo; eu tenho uma coleção realmente muito grande de calcinhas de todas as formas, jeitos, cores e tamanhos... de pequenininha até muito grande.

Essas calcinhas eu vou começar a mostrar a elas pela Internet, numa coisa que a gente vai fazer ainda em histórias de calcinha... De vez em quando eu vou colocar uma para vocês terem idéia da coragem feminina, né... por onde passam.

Então essa é mais ou menos a minha história não com muitos detalhes, porque na verdade os detalhes são muitos. Mas se vocês quiserem saber mais detalhes que perguntem, que a gente vai mandando para vocês as respostas.

Tá certo?! Um beijo para todos!"

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Foto Google Imagens

O estranho habeas corpus a favor de Lula

 

O estranho habeas corpus a favor de Lula

A cobertura jornalística, em todo o Brasil, das investigações da Operação Lava Jato foi afetada ontem (25), pelo que parece ser um factoide, notícia criada com o intuito de atrair a atenção da opinião pública. Senador Ronaldo Caiado (D) conseguiu acesso em primeira mão ao pedido formulado no TRF-4 por um consultor paulista em suposta defesa do ex-presidente (E).

A ´mulher sapiens´ presidencial

 

A ´mulher sapiens´ presidencial

Dilma Rousseff surpreendeu, esta semana, na abertura dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, em Brasília, ao fazer uma saudação especial à mandioca e ao criar uma nova categoria na evolução humana: as ´mulheres sapiens´.  Foram dois momentos verborrágicos.

Câmara Federal

Morreu o “presidente Mombaça”

 

Morreu o “presidente Mombaça

Advogado e ex-deputado federal Antônio Paes de Andrade faleceu aos 88 de idade. Quando 1º secretário da Câmara Federal, num dos impedimentos de José Sarney, convidou parentes, aliados e amigos para voar no avião presidencial até a cidade de Mombaça (CE), onde queria voltar como presidente da República. 

Confiança no Judiciário em queda

O Índice de Percepção do Cumprimento das Leis, mensurado pela FGV Direito SP, concluiu que, entre negros e pardos, a credibilidade é ainda menor, se comparada com as respostas dadas por brancos e amarelos.