Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017

Potins desta terça-feira



O anel de R$ 800 mil

O anel de brilhantes que custou R$ 800 mil, que Fernando Cavendish, dono da empreiteira Delta, deu de “presente” a Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral, não foi exatamente um... presente!

Depondo ontem (4) ao juiz Marcelo Bretas, na 7ª Vara Federal do Rio, Cavendish admitiu que o anel foi a porta de entrada para que a empresa pudesse participar da concorrência para a reforma do Maracanã.

Detalhes do depoimento: “Estávamos viajando eu, minha mulher, o governador e a Adriana , que faria aniversário durante a viagem.  Estávamos próximos a Nice, numa pequena cidade à beira-mar e o Cabral me levou a uma pequena joalheria, dizendo que iria presentear Adriana e me disse: ´Gostaria que você pagasse´”.

O valor da nota fiscal foi... 220 mil euros!

Meses mais tarde, decidida a concorrência, a Odebrecht abocanhou 70% da obra e os restantes 30% ficaram com a Delta. Do total que esta recebeu, 5% foram repassados a Cabral como propina.

Mas Cavendish, vivo, descontou os 220 mil euros que havia pago pelo anel.

TJRS: 83 x 50

O atual 1º vice-presidente do TJRS, desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro, foi eleito ontem (4) o novo presidente do TJRS, para o biênio 2018-2020.  Também se elegeram a desembargadora Maria Isabel de Azevedo Souza (1ª vice) e os desembargadores Almir Porto da Rocha Filho (2º vice) e Túlio Martins (3º vice) e a desembargadora Denise Oliveira Cezar (corregedora-geral).

No pleito para a presidência, Duro recebeu 83 votos; a desembargadora Liselena Schifino Robles Ribeiro obteve 50.  Em branco foram dois votos.

A posse da nova administração será no dia 1º de fevereiro de 2018.

Ainda difícil

Segundo a Fundação Getúlio Vargas, a pobreza atingiu 10,3% da população brasileira em 2016. Em2015, eram 10%. Simultaneamente a renda do trabalho, por brasileiro, caiu 4,7% entre janeiro e dezembro de 2016.

Pena que esses números demorem tanto a ser tabulados e divulgados.

Senha significativa

No Rio de Janeiro, o tradicional Bar Lagoa, fundado em 1934 em Ipanema, ao disponibilizar aos seus clientes o uso do wi-fi , criou uma senha significativa.

Quem quiser acessar a internet tem que digitar “Fora Temer”.

A próxima sentença

A próxima sentença que o juiz Sérgio Moro vai proferir nas ações penais a que Lula responde em Curitiba será a relativa ao apartamento de São Bernardo do Campo (SP), vizinho àquele em que o ex-presidente reside. Segundo o MPF, o aluguel do imóvel foi sempre pago pela Odebrecht.

A fase atual do processo é a de realização de perícia grafodocumentoscópica para aferir a autenticidade, ou não, dos recibos assinados pelo proprietário Glaucos da Costa Marques.

Depois vem a fase de coleta de prova oral. A defesa de Lula arrolou 59 testemunhas!

O nível é este...

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro está pagando, por estes dias, “auxílio-moradia” (R$ 3.190), aos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertasi, que desde 16 de novembro estão residindo na Cadeia Pública de Benfica. Cada um deles também embolsará salário de R$ 25.322.

A Mesa Diretora está “amparada” ´por um parecer jurídico de que como os três “foram afastados pela Justiça e não se licenciaram dos cargos, têm direito ao pagamento decorrente do mandato outorgado pelo voto popular”.

A Casa também invoca um precedente do mesmo nível: é que o Tribunal de Contas do Estado do Rio agiu de igual forma, em relação aos cinco conselheiros suspeitos de envolvimento em esquema de corrupção, presos em 29 de março.

Claro, o Estado do Rio está quebrado com a roubalheira e corrupção – mas isto é outra coisa. O jeitinho imoral está acima de tudo.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta terça-feira

• Possibilidade de prorrogação do prazo de prisão para forçar pagamento de dívida alimentar.
• Senadores ampliam (40%) gastos com jatinhos.
• Papai Noel vai trazer liberdade para Nestor Cerveró, Fernando Baiano e Pedro Barusco.
• Investigação ética da ministra Luislinda Valois – aquela que acha que .R$ 33,7 mil é pouco “para comer, beber, vestir-se e maquiar-se”?
• As lentas ações contra conselheiros de Tribunais de Contas.
• STF julgará recurso de Wesley Batista: ele quer ser desvinculado das ações penais contra o mano Joesley.
• Ameaças de morte levam presidente da Oi a se demitir

Potins desta sexta-feira

• Seguradoras lançam seguro-garantia para recorrer na Justiça do Trabalho.
• A validade de arras de 53% na compra de imóvel.
• Número de milionários no Brasil aumentará 81% em cinco anos.
• “Black-Friday” brasileira de 2018 será no feriadão de 7 de setembro.

Potins desta terça-feira

• Ministro do STF diz que o Direito Penal brasileiro é incapaz de impedir a criminalidade.
• CNJ definirá como proteger juízes que sofrem ameaças.
• Sérgio Moro vai palestrar para diretores e gerentes da Petrobras.
• Em poucas semanas, Temer terá nomeado dois ministros para o TST.
• O Peru de Guerreiro nas redes sociais.

Potins desta terça-feira

• Acreditem: Temer foi a São Paulo para se tratar pelo SUS: ´SOMOS USUÁRIOS DO SÍRIO´”.
• Presidente agora vai malhar: manutenção preventiva de aparelhos de ginástica custará R$ 72 mil anuais.
• Novos apelidos nos bastidores da Lava Jato: “Ventania”, “Ovo”, “Luz”, “Bigode”, “Enteado”, “Tijolo”, “Corajoso” e “Bagre”.
• “É mais prazeroso torcer pelo Luís Roberto Barroso no STF, do que pelo Inter na Série B”.

Potins desta sexta-feira

• Justiça impede regra do Enem sobre direitos humanos.
• Condenação da revista Veja por ofensa à sexualidade.
• Senado aprova o cadastro positivo.
• Falecido locutor Lombardi não tinha vínculos empregatícios com Silvio Santos.
• Ação trabalhista revela quais são as oito empresas do “homem do baú”.
• Pilhéria das redes sociais: “A oposição não conseguiu obstruir a sessão sobre as denúncias contra Temer. Mas, pelo menos, provocou efeito colateral de obstrução na uretra do presidente”.
• Demolição de ´beaches clubs´ em Jurerê Internacional.

Potins desta sexta-feira

• Pai de gêmeos ganha licença-paternidade de seis meses, no RS.
• STJ afasta desembargador que exigia dinheiro de uma servidora.
• Médica pede rescisão de contrato por falta de segurança na Rocinha.
• STF suspende censura judicial à revista Exame.
• Alto salário não impede ex-gerente de editora de ter direito à justiça gratuita.
• Alto salário impede professor de ter direito à justiça gratuita.
• Hospital é condenado por perder aliança de paciente durante cirurgia.
• Como votou Aécio Neves, quando Delcídio Amaral foi preso?
• Lava-Jato tem uma das maiores concentrações de réus milionários do mundo.
• Alto salário não impede gratuidade judicial.
• Anamatra publica enunciado, afirmando que diversos pontos da reforma trabalhista ferem a Constituição.
• Derrubada norma municipal que obrigava alunos a rezar o Pai Nosso antes do início das aulas.