Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 22 de Dezembro de 2017

Prévia da Ajuris sinaliza tendência de vitória de Carlos Duro nas eleições do TJRS



Uma prévia realizada pela Associação dos Juízes do RS – à qual poderiam ter comparecido 140 desembargadores, mais 650 juízes e pretores – mas que teve quórum baixo (180 votantes), demonstrou uma tendência em favor da chapa situacionista às próximas eleições do TJRS. A votação oficial ocorrerá no dia 19 de dezembro.

Foram 119 votos simulados para o grupo integrado pelos desembargadores Carlos Eduardo Zietlow Duro (candidato a presidente), Maria Izabel Azevedo Souza (1ª vice), Almir Porto da Rocha Filho (2º vice), Túlio Martins (3º vice) e Denise Oliveira Cezar (corregedora-geral).

A outra chapa tem como candidata à presidência a desembargadora Liselena Robles Ribeiro. Os demais integrantes são Marco Aurélio Heinz (1º vice), Manoel Martinez Lucas (2º vice), Isabel Dias Almeida (3ª vice) e Paulo Roberto Lessa Franz (corregedor-geral).

A prévia não tem valores estatísticos, mas é mero sinalizador de uma tendência. O sistema é semelhante a uma enquete, em que aparece para votar apenas quem quer.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Ataque contra dois juízes no Foro da Comarca de Marau (RS)

Foram disparados no mínimo seis tiros. A intenção era libertar um preso que prestava depoimento. Reação policial imediata prendeu três homens. Veja cenas e escute os tiros, em filmagem feita por celular.

Depois da audiência adiada, juiz dá meia-volta

Equívoco admitido na comarca de Vera Cruz. Solenidade que – por causa do jogo do Grêmio - seria empurrada para 2018 não mais será realizada, porque o magistrado vai, afinal, proferir sentença na ação.