Ir para o conteúdo principal

Terça-feira, 28 de Março de 2017

Duas novas orientações jurisprudenciais do TST



O TST editou duas novas orientações jurisprudenciais da Subseção Especializada em Dissídios Individuais. Com a publicação, agora são 420 as OJs da SDI-1, órgão revisor das decisões das Turmas do TST e unificador da jurisprudência.
 
Os novos textos tratam do enquadramento de empregado que exerce atividade em empresa agroindustrial e turnos ininterruptos de revezamento.
 
Eis os inteiros teores:

OJ nº 419 -  ENQUADRAMENTO. EMPREGADO QUE EXERCE ATIVIDADE EM EMPRESA AGROINDUSTRIAL. DEFINIÇÃO PELA ATIVIDADE PREPONDERANTE DA EMPRESA - Considera-se rurícola o empregado que, a despeito da atividade exercida, presta serviços a empregador agroindustrial (art. 3º, § 1º, da Lei nº 5.889, de 08.06.1973), visto que, neste caso, é a atividade preponderante da empresa que determina o enquadramento.

OJ nº 420 -  TURNOS ININTERRUPTOS DE REVEZAMENTO. ELASTECIMENTO DA JORNADA DE TRABALHO. NORMA COLETIVA COM EFICÁCIA RETROATIVA. INVALIDADE - É inválido o instrumento normativo que, regularizando situações pretéritas, estabelece jornada de oito horas para o trabalho em turnos ininterruptos de revezamento.

As orientações jurisprudenciais não têm caráter vinculante, mas refletem o posicionamento no TST, que tem como principal função a uniformização da jurisprudência.

................................

Leia na base de dados do Espaço Vital
 
Todas as Orientações Jurisprudenciais do TST

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Tire suas dúvidas sobre terceirização

Em 19 perguntas e respostas, a Confederação Nacional da Indústria sustenta que “a terceirização é um elo estratégico nos processos de produção das empresas, utilizada em todo o mundo com o objetivo de ampliar a competitividade”.

A cupidez de banqueiros

A demissão de gerente com 36 anos de casa e que “fraquejou” sob a mira de armas de assaltantes, num assalto em Belo Horizonte (MG).