Ir para o conteúdo principal

Terça - feira, 22 Agosto de 2017

Notícias curtas



Flashes
* Litoral preferido

Às vésperas de deixar o Flamengo, há duas semanas, Ronaldinho Gaúcho comprou uma casa em Balneário Camboriú (SC).

Litoral gaúcho, nem pensar. Tem muito gremista por perto.

* Acusação sem fundamento

A Subseção da OAB-RS de Canela/Gramado, cumprindo decisão do Conselho Seccional da Ordem gaúcha, realizará na próxima sexta-feira (15) a sessão pública de desagravo ao advogado Rui Sanderson Bresolin. Segundo a nota da entidade, Bresolin foi "injustamente acusado pelos promotores de justiça Antônio Metzger Képes, Max Roberto Guazzelli e Ádrio Rafael de Paula Gelatti na ação penal relativa ao Natal Luz de Gramado".
 
O próprio convite salienta que "a acusação contra o advogado, além de não ter qualquer fundamento, foi amplamente divulgada e violou prerrogativas da Advocacia e direitos fundamentais garantidos na Constituição Federal". A sessão solene será às 17h, na Câmara de Vereadores de Gramado.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta terça-feira

  Gilmar Mendes diz que, “em geral, o rabo não abana o cachorro; é o cachorro que abana o rabo”.

 Segredos calientes na segunda-feira fria em Curitiba: o adultério da política (casada) com o seu operador de propinas (solteiro).

  A cegueira brasiliense em dois tópicos.

  A global Patrícia Poeta aciona empresa de produtos homeopáticos por uso indevido de seu nome.

  Nova banca advocatícia: Cardozo & Bessias.

  “O povo aqui faz de tudo, menos passar a faca no próprio pescoço”.

  Redes sociais dizem que o Brasil é um hospício.

  Alguns dos maiores devedores da União.

  Gabinete de deputado consome 77 quilos de café em um semestre.

  Salame na Saúde: é no governo federal!

Potins desta terça-feira

Lula é inocentado em ação penal por chamar Aécio de “filhinho de papai”
O “presidenciável” Joaquim Barbosa – segundo a revista Forbes.
Condenação milionária da cantora Annita.
Uma ação da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis contra o americano Airbnb.
Os lícitos (com “L”) do doleiro Lucio Funaro.
O notório Eliseu Padilha como 1º ministro de Temer.
Pesquisa com 2.468 brasileiros revela que 34% gostariam de, logo, ir embora do País.
Michel Temer pede aplausos...

Potins desta sexta-feira

•  Mandatos de dez anos no STF, STJ, TST e demais tribunais do país.

•  Mesmo com o Rio de Janeiro quebrado, governador Pezão (PMDB-RJ) quer jatinho de $ 2,5 milhões.

•  Doutorando condenada a indenizar professora.

•  O governo cego de Michel Temer.

•  Eduardo Cunha deve até as quotas condominiais de seu “bunker”.

•  Troféu “Quentinhas na Mesa” para senadoras.

•  Pergunta que políticos estão fazendo a seus amigos: “Se você disputasse uma eleição em 2018, o que diria aos eleitores”?

Potins desta sexta-feira

•  STF publica, enfim, o acórdão sobre a “pílula do câncer”.

•  Ministro do STF concede imunidade a senador por ofensas postadas no WhatsApp.

•  Permissão de adereço religioso na foto da CNH.

•  Até empregados domésticos repatriaram dinheiro que estava no exterior.

• STJ confirma nova condenação de Rita Lee por ofensas a PM.

•  Mais de 550 mil cabelereiras/os no Brasil.

Potins desta terça-feira

• Lula diz que a palavra ´propina´ foi inventada por empresários...

• Marcela Temer tomou doril?

• Campanha do governo vai mostrar Temer como “fazedor”.

• Na Venezuela, “morreu gente viva”...

• Colégio Marista em Salvador: onde estudaram vários personagens notórios da Lava Jato.

• Aldemir Bendine: o que iria moralizar e dar transparência à Petrobras...

Potins desta sexta-feira

OAB-RS exclui mais um advogado * Direito de portador de câncer receber integralmente os proventos da aposentadoria e previdência privada, com isenção de imposto de renda * A última da “rádio-corredor” da OAB-RS... * Azul vai trocar os Embraer 195 por novos Airbus: a volta da poltrona do meio* Legalidade do reajuste, via medida provisória, do PIS e Cofins já está sob análise do STF desde fevereiro * Odebrecht trabalhando para se apresentar como “moça comportada* As encrencas do Brasil desde 1922.