Ir para o conteúdo principal

Terça-feira , 24 de Maio de 2016.

Estagiária faz revisão de processos no STF



Beto Barata/O Estado de S.Paulo (reprodução)

Imagem da Matéria

Maria Carolina quer trabalhar, no futuro, como revisora num escritório de Advocacia.

Há seis meses, Marília Carolina Florindo dedica-se a uma tarefa que, à primeira vista, parece espinhosa: fazer a revisão e eventuais correções em textos que poderão lidos no plenário do Supremo. Estudante de Letras na UnB, ela é estagiária no STF.

Indagada pelo jornal O Estado de S. Paulo se já enfrentou alguma “saia justa” por ter achado erros em textos de assessores ou ministros, a estudante de 24 anos mostra ser diplomática. “Eles escrevem superbem”. Segundo Marília, às vezes ocorrem erros no uso de vírgulas ou de digitação.

Formada em Inglês também pela UnB, Marília agora se especializa em francês. Pelo trabalho de revisão das 15h às 19h, ela recebe uma bolsa de R$ 900. Foi selecionada após ter se cadastrado no Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee). Antes de ser contratada, passou por uma entrevista e teve de corrigir um texto.

“Estou gostando do trabalho e, perto do que é pago a outros estagiários, o valor da bolsa é bom”, avalia Marília, que fez escola pública até o 1.º ano do ensino médio. No futuro, quer trabalhar como revisora num escritório de Advocacia ou prestar concurso para atuar como tradutora juramentada.

Segundo Marília, o estágio no STF prova que formados em Letras podem tanto trabalhar em sala de aula como nos gabinetes mais importantes do Judiciário.

Leia a íntegra da notícia na origem

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Uso pioneiro de nova ferramenta legal prevista no CPC

A PGE-RS obtém liminar no primeiro “Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas” proposto junto à presidência do TJRS. Suspensas as ações que tratam do adicional noturno dos policiais militares estaduais.

Validade da cláusula de raio nos shopping centers

O contrato proíbe os lojistas de um shopping de explorar o mesmo ramo de negócio em um determinado raio de distância. O STJ modificou decisão do TJRS, em ação ajuizada pelo Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre contra as controladoras do Shopping Iguatemi (Maiojama, Ancar, Lasul e LRR Participações).

O “picante” presidente Temer

O jornal londrino Financial Times traça um perfil sobre o novo presidente Temer. É “um reconhecido advogado constitucionalista, que tem aparência ligeiramente gótica e que, a despeito da expressão impassível, tem uma vida pessoal um pouco picante”. E no aspecto sentimental, pontua: “casado três vezes, começou a namorar a terceira esposa, Marcela, uma ex-modelo, 40 anos mais jovem do que ele, quando ela ainda era uma adolescente”.

Charge de Gerson Kauer

Os pecados de Dilma e a ´guerra dos cabides´

 

Os pecados de Dilma e a ´guerra dos cabides´

* O caso da ministra que fez pipi na calça, depois de ter sido desaforada publicamente pela então-presidente * O pânico do jardineiro do Palácio da Alvorada, ao ser considerado culpado pela bicada de uma ema no cachorro presenteado por José Dirceu * O regime alimentar e os 20 quilos de emagrecimento * A inconformidade com a arrumação do guarda-roupas presidencial e ... ´cabides pra lá e pra cá´, num desforço físico com uma camareira...

Vem aí a escritora Dilma Rousseff

Ela preenche a solidão em noites e madrugadas brasilienses, preparando um livro sobre os bastidores, as alegrias e as tristezas do Poder. Já tem material para dois volumes.