Ir para o conteúdo principal

Terça-feira, 28 de Julho de 2015

Foto postada no Facebook motiva ladrões a praticarem assalto


Uma adolescente australiana quis divulgar em sua página do Facebook a foto de uma atividade que estava realizando com a sua avó naquele dia. Até ai, nada muito estranho, não? Mas o decorrer da história pode ser um bom aviso quanto às consequências que uma exposição de dados pessoais na internet pode trazer -  mesmo que essas informações não aparentem ser tão relevantes assim naquele momento.

Segundo noticiado pela BBC, a menina de 17 anos publicou em seu perfil a foto de uma boa quantia de dinheiro que ela havia ajudado na contagem.
 
Horas depois da postagem, este simples ato levou dois ladrões armados e mascarados a "visitarem" a casa da mãe da adolescente -  localizada a 120 km de Sydney, onde a menina realmente morava com a avó.

A mãe da garota disse aos homens que a filha não residia mais ali e, mesmo assim, eles vasculharam a casa em busca de dinheiro, levando o que conseguiram encontrar de valioso. Ninguém ficou ferido. Até agora, não foi possível saber como os ladrões conseguiram o endereço da família.
 
A ocorrência motiva um pertinente aviso de como é importante sempre manter a maior privacidade possível na Internet -  além de ter bom senso em não publicar fotos dos itens valiosos que você pode ter em sua casa. (Com informações da Folha de Londrina).

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Professora é presa por ter feito sexo com aluno

 

Professora é presa por ter feito sexo com aluno

Segundo as autoridades, o estudante envolvido no caso tem 17 anos e as relações teriam ocorrido várias vezes ao longo do mês de maio deste ano no interior do estabelecimento de ensino católico.

Reprodução do Youtube

Condenação penal curiosa

 

Condenação penal curiosa

Esta jovem estadunidense, com 23 de idade, não pagou uma corrida de táxi (30 milhas) que custaria US$ 100. Para livrá-la da cadeia, o juiz deu-lhe a opção de – usando uma tornozeleira -  fazer na mesma estrada, em três dias, o percurso a pé. Ela aceitou.