Ir para o conteúdo principal

Sexta-feira , 27 de Maio de 2016.

Termina em acordo ação de marido contra mulher que apertara o escroto dele



Mundo bizarro

Indian River County Sheriff´s Office

Imagem da Matéria

Maryann apertou demais o que não devia...

A polícia estadunidense do Estado da Flórida foi até a casa de Maryann Scott para detê-la após receber denúncia telefônica de que ela havia agredido o seu marido. O incidente ocorreu em dezembro, em Vero Beach, na chamada Grande Miami. Os policiais foram chamados por vizinhos que acorreram ao escutarem os gritos.

O homem disse que ela tentou matá-lo apertando seu escroto por cerca de dois minutos. Levado a exame de corpo de delitos, o homem posou para várias fotos que exibiram seus testículos com um grande hematoma.

Defendendo-se, Maryann relatou aos policiais que o marido havia chegado bêbado em casa e que, em reação, ela pegara um anel que tinha dado a ela de presente há vários anos e que, agora, tinha escondido a joia.

A mulher foi levada detida por violência doméstica e saiu da prisão com o pagamento de fiança.

Na semana passada, em audiência judicial, um juiz de Vero Beach conseguiu a conciliação judicial do ex-casal. O homem devolveu o anel, a mulher pediu desculpas e os dois assinaram o seu divórcio consensual.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Favores sexuais podem pagar autoescola na Holanda

Ministros e parlamentares daquele país decidiram que “a prática é legal desde que as partes envolvidas sejam maiores de idade e estejam de acordo quanto à forma de pagamento”. E em Santa Catarina, instrutor foi condenado a indenizar autoescola, por assediar alunas.