Ir para o conteúdo principal

Terça -feira ,06 de Dezembro de 2016.

Lei trabalhista tira atriz de novela da Globo



Imagem da Matéria

Um dos primeiros nomes confirmados no remake da novela Guerra dos Sexos, a paranaense Grazi Massafera foi cortada da produção na semana passada. Tudo por causa de uma lei trabalhista que protege as novas mães. As informações são do jornal Folha de Londrina (PR).

Segundo a publicação, o departamento jurídico da Globo informou o artístico de que a atriz só poderia voltar ao trabalho quatro meses após ter dado à luz.

Como o parto do seu filho com Cauã Reymond está previsto para o dia 15 de maio, Grazi só estaria liberada a partir de 15 de setembro.
 
Como a sua personagem, Vânia Trabucco, é uma das principais e conta com diversas cenas, o atraso não poderia ser contornado. Outra intérprete será contratada pela emissora. Guerra dos Sexos deve estrear no dia 1º de outubro.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Fim de semana de três dias?

Uma decisão do Tribunal Superior do Trabalho, sobre cálculo de horas extras dos bancários, trouxe à tona um sonho de muitos trabalhadores: três dias de descanso sequenciado. A ´rádio-corredor´ da OAB-RS lembra que já há magistrados ´s-t-q-q´, que trabalham de segunda a quinta.

Os riscos de prometer emprego via WhatsApp

Trabalhadora teve oferta de emprego e deixou a empresa onde atuava, mas afinal a nova contratação foi frustrada. Ela receberá reparação por dano moral e indenização por danos materiais.

Oito horas de trabalho continuamente em pé

Correios indenizarão operador de triagem por condições precárias de trabalho e terão que fornecer mobiliário adequado para o exercício da função.

Frustração do direito trabalhista mediante fraude

TRT gaúcho mantem o reconhecimento de vínculo de emprego entre um trabalhador e a Br Tronic Eletrônica, empresa que presta serviços à Thyssenkrupp Elevadores. Esta emprega 21 mil pessoas no Brasil.