Ir para o conteúdo principal

Quarta-feira , 03 de Fevereiro de 2016

Autorizada a cremação de corpo de jovem morto em acidente há quatro anos



A 1ª Câmara Cível do TJRS autorizou a cremação do corpo de jovem que tinha 20 anos de idade, ao falecer em janeiro de 2008 em decorrência de acidente de trânsito em via pública de Canoas.

Em 2010, os seus pais solicitaram à Justiça a autorização prevista na Lei dos Registros Públicos. Argumentaram que não possuem condições financeiras para continuar arcando com a manutenção e aluguel de um jazigo, bem como a impossibilidade de comprá-lo em visto do alto custo.

A Justiça local entendeu que a autorização seria desnecessária já que a legislação municipal prevê a possibilidade de incineração dos restos mortais mediante o consentimento da família e a passagem de três anos.  Da decisão, houve recurso ao Tribunal de Justiça.

Considerou o desembargador Jorge Maraschin dos Santos, relator, que a necessidade de autorização judicial decorre do art. 77 da Lei dos Registros Públicos (Lei nº 6.015/73). No caso, afirmou, "o interesse de saúde pública está presente, pois os autores não possuem condições de manter o aluguel do jazigo e, desse modo, a alternativa única e digna dos autores é a cremação".

O julgado observou ainda que conforme constatou o procurador de justiça que atua junto ao colegiado, Paulo Valério dal Pai Moraes, o município de Canoas não conta com serviço de cremação, e, "na prática, somente com autorização judicial é que será possível a cremação em São Leopoldo".

O dispositivo legal afirma que "a cremação de cadáver somente será feita (...) no interesse da saúde pública e (...) e, no caso de morte violenta, depois de autorizada pela autoridade judiciária".

O advogado Glauber Barela Longoni atua em nome do casal autor da ação. (Proc. nº 70044387116 - com informações do TJRS e da redação do Espaço Vital).

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

O retorno da rotina do Espaço Vital no dia 12

 

O retorno da rotina do Espaço Vital no dia 12

Corre na rádio-corredor da OAB, em Brasília, um alerta feito a advogados que gostam de viajar: devem acautelar-se para que suas moradias não sejam invadidas por empreiteiros da construção civil...

Vinho na cara!

 

Vinho na cara!

Um acontecimento insólito em jantar de confraternização (?) entre políticos de Brasília: surpreendida com uma brincadeira (?) que não a agradou, a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, lança no rosto do senador José Terra o conteúdo bordô de uma taça do (caríssimo) vinho italiano Barolo.

Lembrem-se deles!

Anúncio publicado em vários jornais brasileiros lembra quem são os 21 deputados federais que estão a favor da volta da CPMF. Entre eles, os gaúchos Paulo Pimenta (PT) e Pompeu de Mattos (PDT-RS). Dilma sustenta que “a nova CPMF não será para gastar, mas, sim, para crescer”...

Surpresa no mercado das bolas

Revista portuguesa revela ligações íntimas entre o craque Cristiano Ronaldo e o marroquino Badr Hari, praticante de artes marciais. Festa em Agadir, no Marrocos, teria custado 1,5 milhão de euros.