Ir para o conteúdo principal

Edição de terça-feira , 22 de maio de 2018.

Notícias curtas



Imagem da Matéria

Posse (1) - O juiz federal Jorge Antônio Maurique foi empossado na última sexta-feira (24) no cargo de desembargador do TRF da 4ª Região. Ele é gaúcho de São Luiz Gonzaga. Segundo Maurique, uma de suas "maiores tristezas é ver a morosidade processual". No entanto, lembrou, "esta também deve-se ao fato de que a população busca e acredita no Judiciário para resolver os litígios".
Posse (2) - A juíza Miriam Andréa da Graça Tondo Fernandes é a mais nova desembargadora do TJRS. A cerimônia de posse foi ontem (27). Ela graduou-se na Faculdade de Direito da UFRGS em dezembro de 1983 e ingressou na magistratura em 1986. Foi a primeira mulher a jurisdicionar, como juíza de Direito, a comarca de Alegrete e a ali presidir o Tribunal do Júri.
Quem sobe - O Pleno do TRF-4 escolheu o juiz federal Cândido Alfredo Silva Leal Junior para ocupar vaga de desembargador federal, pelo critério de antiguidade. A indicação será submetida, agora, à confirmação da presidente Dilma Rousseff.  O magistrado já vem atuando no tribunal como convocado e vai ocupar a vaga aberta com a aposentadoria da desembargadora Sílvia Maria Gonçalves Goraieb, ocorrida em dezembro de 2011.

Horas de percurso - A 2ª Turma do TST reconheceu a validade de um acordo coletivo que limita pagamento de horas de percurso. Os ministros reformaram decisão que considerava inválido acordo firmado pela Plantar - Planejamento, Técnica e Administração de Reflorestamentos. O acordo coletivo previa o pagamento mensal de 25 horas normais de percurso e o compromisso de a empresa fornecer transporte a todos os trabalhadores, mas a empresa foi condenada pela Justiça do Trabalho da 3ª Região (MG) a pagar o tempo real gasto por um ajudante florestal que pleiteou essa diferença em reclamação trabalhista. A decisão da 2ª Turma foi tomada por maioria, com voto vencido do ministro José Roberto Freire Pimenta, que não conhecia do recurso.

Em alta - O narrador Jader Rocha deixou a RBS e segue para o canal fechado SporTV, no Rio de Janeiro, onde deve suprir a saída dos profissionais João Guilherme e Lucas Pereira, que foram para o Fox Sports e para a Record, respectivamente. A última aparição de Jader na tela gaúcha foi no domingo (26), quando apresentou o programa Torcida TVCom. Sua estreia no SporTV será em março. O anúncio foi feito pelo próprio Jader, em seu perfil no Twitter. "Estarei no RJ, mas sem esquecer das raízes gaúchas".

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta terça-feira

 Maior jornal da Inglaterra diz que “Sérgio Moro é “o homem que encerrou cinco séculos de impunidade no Brasil”.

 Governo acaba de criar mais um elefante branco: o SUSP, irmão do SUS.

•  STF vota na quinta-feira (24) proposta de nova súmula vinculante.

 Quando a “utilidade política” prevalece sobre a utilidade pública...

 Embaixadas para Temer, Moreira e Padilha – se Alkmin for Presidente da República. Mas ele nega.

• População com 60 de idade, ou mais, estará superando os moços de 16 a 24 anos, nas eleições de outubro.

 Impasse no TST para tentar orientar decisões uniformes em ações trabalhistas.

 Prorrogação do benefício de salário-maternidade, em decorrência de parto prematuro.

Novo slogan de Temer vira piada nas redes sociais

• A importância da vírgula: o presidente diz que “o Brasil voltou, 20 anos em dois”.

• Mas há quem ironize: “o Brasil voltou 20 anos em dois”.

 Uma busca e apreensão – por engano – na casa do secretário adjunto do CF-OAB.

 A prescrição que agrada banqueiros.

 Gilmar Mendes prevê uma avalanche processual nos foros e tribunais, Brasil afora.

 Quanto é dois mais dois?

• Uma análise de Joaquim Barbosa sobre o sistema político brasileiro.

Potins desta sexta-feira

• Presença estranha deixa magistradas assustadas em importante reunião na Universidade de Harvard.

•  Governo brasileiro exclui entidades da lista de convidados para a reunião anual da Organização Internacional do Trabalho.

•  Temer torce pela vitória de Henrique Meirelles: quer ser ministro da Justiça a partir de 2 de janeiro.

•  Empresas envolvidas em desastres ambientais só pagaram 3,4% das multas ambientais, que totalizam R$ 785 milhões.

•  Quem são os políticos, empresários e magistrados alfinetados nos voos comerciais brasileiros.

• O largo par de headphones que faz Luiz Fux não ser incomodado quando voa de Brasília ao Rio, e vice-versa.

Potins desta terça-feira

• Nova súmula do STJ publicada: prazo para seguro de vida cobrir suicídio

 Decisão da 2ª Seção do tribunal também cancelou a Súmula nº 61

 O aumento do tesão financeiro dos donos de motéis.

 Filha de Eduardo Cunha concorrerá a deputada federal como herdeira política do pai.

 A queda da arrecadação das maiores centrais sindicais do país.

 Impasse entre herdeiros da travesti Rogéria, falecida em 2017.

Potins desta terça-feira

 Advogado revela novo ponto de domínio dos flanelinhas em Porto Alegre.

• Eleições para a OAB-RS serão na última semana de novembro, no Gigantinho.

 Novas banheiras de hidromassagem para deputados federais.

 Fale com “Mister Bud”: ele anuncia os benefícios e malefícios da maconha.

• Mais da metade dos 640 mil orelhões espalhados pelo Brasil não são utilizados um minuto sequer.

• Qual o ministro preferido de Temer? Dou-lhe um, dou-lhe dois, dou-lhe três...

 Cinco procedimentos no CNJ contra desembargadora que ofendeu a falecida vereadora Marielle e pessoas com síndrome de Down.

Potins desta terça-feira

• FAB confirma ocorrência de diálogos ofensivos a Lula, durante voo de Congonhas a Curitiba.

• Advogado do ex-presidente pede apuração do “atentado”.

• Jorge Luis Dall´Agnol será o próximo presidente do TRE-RS.

• O enterro legislativo da Medida Provisória nº 808.

• Interessante decisão do TST em ação envolvendo demissão durante a vigência de contrato temporário.