Ir para o conteúdo principal

Terça-Feira, 17 Outubro de 2017

Notícias curtas



Imagem da Matéria

Posse (1) - O juiz federal Jorge Antônio Maurique foi empossado na última sexta-feira (24) no cargo de desembargador do TRF da 4ª Região. Ele é gaúcho de São Luiz Gonzaga. Segundo Maurique, uma de suas "maiores tristezas é ver a morosidade processual". No entanto, lembrou, "esta também deve-se ao fato de que a população busca e acredita no Judiciário para resolver os litígios".
Posse (2) - A juíza Miriam Andréa da Graça Tondo Fernandes é a mais nova desembargadora do TJRS. A cerimônia de posse foi ontem (27). Ela graduou-se na Faculdade de Direito da UFRGS em dezembro de 1983 e ingressou na magistratura em 1986. Foi a primeira mulher a jurisdicionar, como juíza de Direito, a comarca de Alegrete e a ali presidir o Tribunal do Júri.
Quem sobe - O Pleno do TRF-4 escolheu o juiz federal Cândido Alfredo Silva Leal Junior para ocupar vaga de desembargador federal, pelo critério de antiguidade. A indicação será submetida, agora, à confirmação da presidente Dilma Rousseff.  O magistrado já vem atuando no tribunal como convocado e vai ocupar a vaga aberta com a aposentadoria da desembargadora Sílvia Maria Gonçalves Goraieb, ocorrida em dezembro de 2011.

Horas de percurso - A 2ª Turma do TST reconheceu a validade de um acordo coletivo que limita pagamento de horas de percurso. Os ministros reformaram decisão que considerava inválido acordo firmado pela Plantar - Planejamento, Técnica e Administração de Reflorestamentos. O acordo coletivo previa o pagamento mensal de 25 horas normais de percurso e o compromisso de a empresa fornecer transporte a todos os trabalhadores, mas a empresa foi condenada pela Justiça do Trabalho da 3ª Região (MG) a pagar o tempo real gasto por um ajudante florestal que pleiteou essa diferença em reclamação trabalhista. A decisão da 2ª Turma foi tomada por maioria, com voto vencido do ministro José Roberto Freire Pimenta, que não conhecia do recurso.

Em alta - O narrador Jader Rocha deixou a RBS e segue para o canal fechado SporTV, no Rio de Janeiro, onde deve suprir a saída dos profissionais João Guilherme e Lucas Pereira, que foram para o Fox Sports e para a Record, respectivamente. A última aparição de Jader na tela gaúcha foi no domingo (26), quando apresentou o programa Torcida TVCom. Sua estreia no SporTV será em março. O anúncio foi feito pelo próprio Jader, em seu perfil no Twitter. "Estarei no RJ, mas sem esquecer das raízes gaúchas".

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta sexta-feira

• TJRS proíbe saite de disponibilizar informações sobre ações na JT de um trabalhador.
• Turma Nacional de Uniformização cancela a Súmula nº 51.
• Empregador não pode utilizar a gorjeta recebida de clientes para compor o salário mínimo dos garçons.

 

Potins desta sexta-feira

• Hospitais privados não poderão manter salas de espera diferenciadas para pacientes do SUS e dos convênios particulares.
• Julgamentos pelo STJ de dois casos envolvendo medicamentos.
• A “sentença” Netflix: Aécio mais tempo em casa para ver novos e velhos filmes.
• Um “embrulho pornográfico”: Claro Tv condenada por cobrar erradamente de consumidora.

Potins desta terça-feira

• Deu nas redes sociais: “Para o Grêmio ganhar a Libertadores, só com liminar do Gilmar Mendes”...

• Eduardo Cunha tenta anular a delação de Lúcio Funaro.

• Negados habeas corpus aos irmãos Batista.

• Valéria Monteiro, ex-apresentadora da Globo, quer concorrer à Presidência da República.

• Lula diz que a denúncia do MPF é "a excrescência da excrescência da excrescência".

Potins desta sexta-feira

Descoberta jurídica: corrupção privada não é crime no Brasil...

O corinthiano Jô é o segundo mais honesto do país...

110% de certeza em propina entregue por Eduardo Cunha a Temer”.

Sérgio Moro consegue ir a estádio de futebol em dia de jogo.

Gilmar Mendes alfineta Rodrigo Janot: “Ele deveria pedir sua própria prisão preventiva”.

Conar libera comercial do “homão da p”.

Potins desta terça-feira

TJRS revoga liminar que suspendera concurso para juiz.

 Lula perde um de seus advogados.

 STJ rejeita denúncia contra desembargador do Trabalho.

 A ordem é “juízes nas comarcas, de segunda a sexta”.

 Presidente do PMDB diz que Geddel é “mero filiado do partido”.

• Aposta da semana passada entre congressistas: quanto dinheiro haveria no “bunker” de Geddel? Ninguém acertou!

Arte de Camila Adamoli – Imagem de fundo apenas ilustrativa

Potins desta terça-feira

 

Potins desta terça-feira

•  Um engano de percepção (“VIA DO”) faz advogado ser alvo de zoeira forense.

OAB e Defensoria decidem reclamar diretamente ao CNJ contra desembargador gaúcho

•  Prazos para Ministério Público e Defensoria contam a partir do recebimento dos autos.

•  O DEM vai se chamar de Centro; faz de conta que é um partido novo...

•  Se a Câmara pode fazer um fundo eleitoral de R$ 3,6 bilhões, pode criar também um fundo de segurança pública de outros R$ 3,6 bilhões.

•  Contador condenado por usar logotipo da Receita Federal em fachada de escritório.

•  Aviso prévio deixa de integrar a base de cálculo das contribuições previdenciárias.

Morre o desembargador aposentado Álvaro Eduardo Junqueira.